OS PROCESSOS DE GESTÃO DE PESSOAS EM UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO UM ESTUDO EM UMA AGÊNCIA DA CRESOL NO ALTO URUGUAI (RS)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Zenicléia Angelita Deggerone
Adriane Paula Baú Deffaci

Resumo

(i) Objetivo: Este artigo tem por objetivo descrever os processos de gestão de pessoas utilizados pela Cooperativa Central de Crédito Rural com Interação Solidária Cresol (CRESOL) em uma agência da Região do Alto Uruguai (RS). (ii) Método: A metodologia utilizada consistiu em uma abordagem qualitativa de natureza exploratório-descritiva, já que o procedimento técnico utilizado foi o estudo de caso. Para a coleta de dados, foram realizadas entrevistas, análise documental e observação participante. (iii) Resultados: Os resultados deste estudo evidenciaram que a cooperativa desenvolve ações na área de gestão de pessoas, conforme os processos estabelecidos por Chiavenato (2014). Nesse sentido, a agência da Cresol possui práticas no recrutamento e na seleção de funcionários, na orientação ao trabalho, no treinamento e no assessoramento do quadro funcional, além de oportunizar benefícios associados à remuneração e à manutenção do quadro funcional. (iv) Contribuições: Por fim, considera-se que a cooperativa, ao implementar ações na área de gestão pessoas, está investindo no capital humano da instituição, a fim de oferecer o melhor atendimento aos associados, e na manutenção e conquista de novos associados à Cooperativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Deggerone, Z. A., & Deffaci, A. P. B. (2022). OS PROCESSOS DE GESTÃO DE PESSOAS EM UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO: UM ESTUDO EM UMA AGÊNCIA DA CRESOL NO ALTO URUGUAI (RS). Revista Brasileira De Contabilidade E Gestão, 11(20), 099-114. https://doi.org/10.5965/2316419011202022099
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Zenicléia Angelita Deggerone, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, Campus Regional III - Erechim, Brasil

Atua como Professora Adjunta na área de Administração e Desenvolvimento na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul — Unidade em Erechim. Doutora em Desenvolvimento Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul — UFRGS (2021). Mestra em Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari — UNIVATES (2014). Especialista em Gestão Estratégica do Agronegócio (2018). Docência no Ensino Superior (2015) e Gestão e Manejo Ambiental em Agroindústrias (2010). Técnica Ambiental (2008). Graduada em Administração pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul — UERGS (2007). Graduanda em Ciências Econômicas pela UNIRITTER (2022). Atuou como Extensionista Social Rural na Emater/RS-ASCAR entre 2012 a 2014. Professora Bolsista pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul — Campus Erechim (2013/2014). Atualmente pesquisa nas seguintes áreas: mercados agroalimentares, agricultura familiar, desenvolvimento rural, sistemas agroalimentares sustentáveis, políticas públicas de desenvolvimento rural, sociologia econômica e nova sociologia econômica.

Adriane Paula Baú Deffaci, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, UERGS, Brasil.

Atualmente, é auxiliar administrativo no Sindicato Unificado dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Alto Uruguai e desenvolve trabalhos assessorando as famílias no meio rural, através do desenvolvimento de projetos produtivos, juventude rural, habitação rural, aposentaria rural, CAR, ITR, CCIR, dentre outros trabalhos, formação técnica em agropecuária, cursando Administração, buscando sempre novos conhecimentos.

Referências

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. Edições 70.

Escola Nacional Da Inspeção Do Trabalho - Enit. (2021). Norma Regulamentadora No. 7 (NR-7).

Chiavenato, I. (2010). Gestão de Pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier.

Chiavenato I. (2014). Gestão de Pessoas: O novo papel dos recursos humanos nas organizações. 4.ed. São Paulo. Manole.

Drews, G. A. (2000). Gestão de Pessoas orientada ao comprometimento: A prática em cooperati-vas do noroeste do RS. 168 f. Trabalho de conclusão de curso (Especialização) - Universidade Federal do Rio Grande Do Sul, Porto Alegre.

Davel, E.; Vergara, S. C. (2009) Gestão com pessoas e subjetividade. São Paulo: Atlas.

Dutra, J. S. (2012). Gestão de pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas.

Fischer, R. M.; Fleury, M. T. L. (1998). Processo e Relações do Trabalho no Brasil. São Paulo: Atlas.

França, A. C. (1997). Qualidade de vida no trabalho: conceitos, abordagens, inovações e desafios nas empresas brasileiras. Revista Brasileira de Medicina Psicossomática, 1(2), 79-83.

França, A. C. L. (2004). Qualidade de Vida no Trabalho – QVT: conceitos e práticas nas empre-sas da sociedade pós‐industrial. 2ª ed. São Paulo: Editora Atlas.

França. A. C. L. (2007). Práticas de Recursos Humanos – PRH: conceitos, ferramentas e proce-dimentos. São Paulo: Atlas.

Gil, A. C. (2012) Gestão de pessoas: enfoque nos papéis profissionais. 1. ed. São Paulo: Atlas.

Herbstrith, É.; Kieling, R. (2020). Gestão por competências: a percepção dos colaboradores de uma cooperativa de crédito. Revista de Gestão e Organizações Cooperativas, Santa Maria, 7(13), 1-18. https://doi.org/10.5902/2359043235140.

Lacombe, F. J. M. (2011). Recursos Humanos: Princípios e Tendências. 2ª ed. São Paulo: Saraiva.

Lazzaris, J. (2009). Políticas de Recursos Humanos: um diagnóstico e avaliação na Cooperativa de Crédito Rural com Interação Solidária de Luís Alves/SC. (Relatório de estágio). Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, SC.

Organização Das Cooperativas Do Brasil – Ocb (2017). Fundamentos do Cooperativismo. Brasí-lia, DF: Sistema OCB.

Organização Das Cooperativas Do Brasil - Ocb. (2019). Ramos do Cooperativismo. Brasília, DF: Sistema OCB.

Rossés, G. F. et al. (2010). Sistema de Gestão em Cooperativas: o caso da Cooperativa Agrope-cuária Júlio de Castilhos. Anais eletrônicos...VII SEGeT – Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia.

Rossés, G. F. et al. (2019). Um estudo sobre os processos de gestão de pessoas em uma coopera-tiva de crédito. Revista de Gestão e Organizações Cooperativas, Santa Maria, 6 (11), 103-126.

Stecca, J. P.; Albuquerque, L. G.; Von Ende, M. (2016). As influências da gestão de pessoas no comprometimento. Rev. Adm. UFSM, Santa Maria, 9 (4), 721-737. 2016. https://doi.org/10.5902/1983465918587.