PROJETO DE REESTRUTURAÇÃO DO PROGRAMA 5S EM UMA INDÚSTRIA DO SETOR MOVELEIRO

Main Article Content

Barbara Tokarz
Delcio Pereira
Alexandre Borges Fagundes
Fernanda Hänsch Beuren

Resumo


O objetivo deste trabalho é descrever o processo de reestruturação da metodologia 5S aplicada em uma indústria do ramo moveleiro. O trabalho tem caráter descritivo, e foi desenvolvido em três fases: i. levantamento do problema; ii. reestruturação de processo; iii. treinamento das equipes. O processo de avaliação do 5S foi reestruturado, e diversos treinamentos foram realizados com as equipes da empresa, implicando em uma melhoria nos resultados de auditorias de 5S na organização. O trabalho constatou a importância do comprometimento de todos os colaboradores, do alinhamento de liderança e alta gerência da organização, e a aplicação de um método de avaliação claro e transparente para o sucesso da metodologia 5S. As etapas apresentadas no trabalho, bem como o método de avaliação e o comitê de 5S propostos podem ser aplicados em outras organizações, destacando o valor do trabalho.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Tokarz, B., Pereira, D., Fagundes, A. B., & Beuren, F. H. (2022). PROJETO DE REESTRUTURAÇÃO DO PROGRAMA 5S EM UMA INDÚSTRIA DO SETOR MOVELEIRO. Revista Brasileira De Contabilidade E Gestão, 10(19), 068 - 081. https://doi.org/10.5965/2316419010172021068
Seção
INOVA
Biografia do Autor

Barbara Tokarz, Universidade do Estado de Santa Catarina

Graduada em Engenharia de Produção - Habilitação Mecânica na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), com período de mobilidade na Universidade do Porto (Portugal, 2019-2020).

Delcio Pereira, Universidade do Estado de Santa Catarina

Professor do quadro efetivo do Departamento de Tecnologia Industrial e Diretor de Ensino de Graduação do Centro de Educação do Planalto Norte (CEPLAN) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Tem experiência nas áreas de Administração e Engenharia de Produção, nos segmentos de Inovação, Marketing e Projeto de Produto.

Alexandre Borges Fagundes, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutor em Tecnologia, Mestre em Engenharia de Produção, Tecnólogo em Processos de Produção Mecânica, Técnico em Mecânica e Coach, habilitado a atuar como Life Coach, Leader Coach e Analista Comportamental. É Diretor Geral da UDESC Planalto Norte, professor permanente do 'Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais' (Mestrado) da UDESC Lages, professor do curso de Pós-Graduação em 'Gestão para Inovação Tecnológica' (Especialização) e do curso de Graduação em 'Engenharia de Produção - Habilitação Mecânica' da UDESC Planalto Norte, Consultor ad hoc da FAPESC, membro da Advances in Cleaner Production Network (ACPN) e Líder do grupo de pesquisa institucional 'SINERGIA: Sustentabilidade e Tecnologia'.

Fernanda Hänsch Beuren, Universidade do Estado de Santa Catarina

Possui doutorado (2013) e mestrado (2011) em Engenharia de Produção: Produto e Processo, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), especialização (2006) em Design de móveis, pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e graduação em Tecnologia Mecânica: Produção Industrial de Móveis, pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Membro da Advances in Cleaner Production Network - ACPN e Líder do grupo de pesquisa institucional: Gestão de Desenvolvimento de Produtos, Processos e Serviços.

Referências

AGRAHARI, R. S.; DANGLE, P. A.; CHANDRATRE, K. V. Implementation Of 5S Methodology In The Small Scale Industry A Case Study. International Journal of Scientific & Technology Research, v. 4, n. 4, p. 180–187, 2015.

ALTENHOFEN, J. L.; FLEIG, R.; KEINE, S. Percepção de trabalhadores sobre o Programa 5S. Produto & Produção, v. 18, n. 4, p. 45–55, 2017.

COMPRIDO, D. Aplicação de ferramentas Lean para a melhoria do processo produtivo numa empresa da industria de mobiliário. 2020. 97p. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Gestão Industrial) - Universidade Lusíada, Vila Nova de Famalicão, Portugal, 2020.

DAUCH, K. A.; SILVA, J. E. A. R. da; JABBOUR, A. B. L. de S. Avaliação da implantação da metodologia 5S em uma empresa manufatureira: análise de etapas, benefícios e barreiras. Exacta, v. 14, n. 2, p. 285–302, 2016. DOI 10.5585/exactaep.v14n2.6239.

FERRO, J. R.; GOUVEIA, R. Gerenciamento diário para executar a estratégia. Lean Institute Brasil, 08 mai. 2015. Disponível em: https://www.lean.org.br/artigos/304/gerenciamento-diario-para-executar-a-estrategia.aspx. Acesso em: 15 dez. 2020.

GRANDO, R. KAIZEN™ e a competição global na era da informação. Kaizen Institute, 01 nov. 2016. Disponível em: <https://br.kaizen.com/blog/post/2016/11/01/kaizen-e-a-competicao-global-na-era-da-informacao.html>. Acesso em: 27 dez. 2020.

GROVER, V. Nichijo gemba Kanri. Kaizen Institute, 31 out. 2013. Disponível em: https://in.kaizen.com/blog/post/2013/10/31/nichijo-gemba-kanri----(daily-work-management-).html. Acesso em: 01 jan. 2021.

GUPTA, S.; JAIN, S. K. An application of 5S concept to organize the workplace at a scientific instruments manufacturing company. International Journal of Lean Six Sigma, v. 6, n. 1, p. 73–88, 2015. DOI 10.1108/IJLSS-08-2013-0047.

HALES, B. M.; PRONOVOST, P. J. The checklist-a tool for error management and performance improvement. Journal of Critical Care, v. 21, n. 3, p. 231–235, 2006. DOI 10.1016/j.jcrc.2006.06.002.

HO, S. K. M. Workplace learning: the 5-S way. Journal of Workplace Learning, v. 9, n. 6, p. 185–191, 1997.

HUNGLIN, C. 5S implementation in Wan Cheng Industry Manufacturing Factory in Taiwan. 2011. 45 p. Dissertação (Master os Science in Technology Management) - University of Wisconsin-Stout, Winsconsin, Estados Unidos da América, 2011.

JAHARA, R.; SENNA, P. Implantação do programa 5S em uma metalúrgica: um estudo de caso. Journal of Lean Systems, v. 1, n. 3, p. 18–29, 2016.

LOPES, T. O.; FROTA, C. D. Aplicação dos conceitos do lean manufacturing para melhoria do processo de produção em uma empresa de eletrodomésticos: um estudo de caso. 2015. Anais [...]. [s.l.: s.n.], 2015.

MRUGALSKA, B.; WYRWICKA, M. K. Towards Lean Production in Industry 4.0. Procedia Engineering, v. 182, p. 466–473, 2017. DOI 10.1016/j.proeng.2017.03.135. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.proeng.2017.03.135.

OSADA, T. The 5S's: Five Keys to a Total Quality Environment. Asian Productivity Organization: Tóquio, 1991.

PARMENTER, D. Key Performance Indicators: developing, implementing, and using winning KPIs. 3. ed. Nova Jersey: John Wily & Sons, 2015.

PATEL, V. C.; THAKKAR, D. H. Review on Implementation of 5S in Various Organization. Journal of Engineering Research and Applications, v. 4, n. 3, p. 774–779, 2014.

RANDHAWA, J. S.; AHUJA, I. S. 5S implementation methodologies: Literature review and directions. International Journal of Productivity and Quality Management, v. 20, n. 1, p. 48–74, 2017. DOI 10.1504/IJPQM.2017.080692.

RODRIGUES, J.; SÁ, J.C.; SILVA, F. J. G.; FERREIRA, L. P.; JIMENEZ, G.; SANTOS, G. A rapid improvement process through “quick-win” lean tools: A case study. Systems, v. 8, n. 4, p. 1–19, 2020. DOI 10.3390/systems8040055.

SUNDAR, R.; BALAJI, A. N.; SATHEESH KUMAR, R. M. A review on lean manufacturing implementation techniques. Procedia Engineering, v. 97, p. 1875–1885, 2014. DOI 10.1016/j.proeng.2014.12.341.

WOMACK, J.; JONES, D; ROOS, D. The machine that changes the world. Rawson Associates: Nova Iorque, 1990.