A intelectualidade potente das pessoas negras: trajetória da Professora Dra. Maria Zelma de Araújo Madeira – uma inspiração

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/19847246252024e0601

Resumo

A entrevista mostra a trajetória vitoriosa de Maria Zelma de Araújo Madeira, mulher negra, nascida em uma família com poucos recursos econômicos, no interior do estado do Piauí.  Racismo e sexismo, expressões tão naturalizadas, mas que devem ser cotidianamente enfrentadas, atravessaram a sua história, como também se tornaram objetos centrais de contestação na sua experiência pela defesa dos direitos humanos no estado do Ceará, onde reside e atua, hoje, como Secretária Estadual de Igualdade Racial. Também vale destacar que é se graduou em Serviço Social e possui doutorado em Sociologia. É professora do Curso de Serviço Social e do Mestrado Acadêmico em Serviço Social, Trabalho e Questão Social (MASS), na Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Zelma de Araújo Madeira, Universidade Estadual do Ceará

Doutorado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professora da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Adriana de Oliveira Alcântara, Universidade Federal do Ceará

Doutora em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Áurea Eleotério Soares Barroso, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Pesquisadora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP).

Downloads

Publicado

2024-06-28

Como Citar

MADEIRA, Maria Zelma de Araújo; ALCÂNTARA, Adriana de Oliveira; BARROSO, Áurea Eleotério Soares. A intelectualidade potente das pessoas negras: trajetória da Professora Dra. Maria Zelma de Araújo Madeira – uma inspiração. PerCursos, Florianópolis, v. 25, p. e0601, 2024. DOI: 10.5965/19847246252024e0601. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/24687. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Entrevista