SELO DIGITAL: autenticidade virtual? <em> DIGITAL SEAL: virtual authenticity? </em>

Autores

  • Eliana Maria dos Santos Bahia UFSC
  • Juliana Fachin Universidade Federal de Santa Catarina
  • Erzenildo de Oliveira Freitas Tribunal de Justiça do Amazonas

Resumo

As novas tecnologias aplicadas aos documentos digitais viabilizam o uso da informação instantânea decorrente dos recursos da computação, disponibilizando, via web, documentos de valor, registrados em cartórios. Certificado do selo digital é um sistema alfa numérico que comprova que a informação contida no documento tem veracidade, dispõe informações ‘valiosas’, propicia um fluxo informacional seguro, transmitido via Web. O objetivo do artigo visa averiguar as características do sistema de selos notariais, os benefícios do novo sistema, as funcionalidades e os resultados de dados. Aplicação do sistema: agilidade de acesso ao documento, maior controle de emissão e destinação de documentos com o selo digital, transparência no valor e serviço prestado ao usuário e procedimentos de atendimentos nas serventias. Palavras-chave: Selo físico. Selo digital. Certificado digital. Autenticidade virtual.

Biografia do Autor

Eliana Maria dos Santos Bahia, UFSC

Graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade do Estado de Santa Catarina- UDESC (1980) Especialização em Organização e Administração de Arquivos Públicos e Empresariais pela Universidade Federal de Santa Catarina (1988) e Mestra em História do Brasil Meridional pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994). Atualmente é professora adjunto IV do Centro de Ciência da Educação lotada no Departamento de Ciência da Informação desde 1993, Coordenadora do Curso de Arquivologia da Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenadora do Curso de Pós- Especialização em Gestão de Arquivos Públicos e Empresariais. Experiência na área de História, com ênfase em História Cultural, atuando na área: História Cultural e Memória, em Ciência da Informação, nas sub-áreas Fundamentos de Arquivologia e Ciência da Informação (Pesquisa bibliográfica em Arquivologia ; Pesquisa em Conservação e Preservação em Acervos); Recursos e Serviços de Preservação e Conservação em Bibliotecas; Arquivos e Museus. Consultoria na área de Arquivos Empresariais; Conservação e Preservação de Acervos. Ministra as disciplinas Política de Preservação de Documentos e Memória, Patrimônio e Pesquisa. Elaborou a disciplina Gestão da Documentação. Atua principalmente nos seguintes temas: História Cultural, Memória e Patrimônio Cultural, Arquivista como agente mediador da informação, Arquivista empreendedor; Conservador o mediador da informação, Conservação e Preservação de Acervos; Arquivos fotográficos de imagens. Acervos Privados. vela mais no curriculo lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4164309Z8

Juliana Fachin, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Bolsista CNPq do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de Inclusão no Ensino Superior e na Pesquisa (IESP)

Erzenildo de Oliveira Freitas, Tribunal de Justiça do Amazonas

Graduado em Biblioteconomia Especialista em Gestão de Arquivos Empresariais pela Universidade Federal do Amazonas. Atua no Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas

Downloads

Publicado

2011-12-09

Como Citar

Bahia, E. M. dos S., Fachin, J., & Freitas, E. de O. (2011). SELO DIGITAL: autenticidade virtual? <em> DIGITAL SEAL: virtual authenticity? </em>. PerCursos, 12(2), 120 - 135. Recuperado de https://periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/2308