Educação ambiental: diálogo de saberes populares sobre ervas medicinais na comunidade quilombola Areal da Baronesa - Porto Alegre, RS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724619412018179

Resumo

Este artigo, de abordagem qualitativa, tem como objetivo refletir a respeito do diálogo de saberes populares sobre ervas medicinais, instrumentalizado pela ação de Educação Ambiental junto a um grupo de mulheres quilombolas na cidade de Porto Alegre (RS), na busca da valorização de seus conhecimentos tradicionais. As análises partem dos registros sistematizados em relatórios semanais das oficinas de ervas medicinais e das oficinas de sabonetes de ervas, realizados no período de setembro a novembro de 2017.Como suporte para as compreensões dos resultados, tem-se como referencial teórico o diálogo de saberes desenvolvido por Leff (2009); a abordagem crítica e transformadora da EA elaborada por Layrargues (2012); e a EA popular emancipatória de Sorrentino (2014) e Tassara; Tassara; Ardans (2014).

Palavras-chave: Educação Ambiental. Quilombolas – Mulheres. Ervas – Uso Terapêutico. 

Biografia do Autor

Salete Vedovatto Facco, Universidade Federal do Rio Grande-FURG/Aluna de Pós-Graduação em Educação Ambiental

Graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação-FACED da Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS; atualmente é aluna de Educação Ambiental pela FURG

Vanessa Caporlíngua, Universidade Federal do Rio Grande – FURG/Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental e da Faculdade de Direito

Graduada em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande - Furg (1991), mestrado e doutorado em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande - Furg (2001 e 2010).

Vanessa dos Santos Moura, Universidade Federal do Rio Grande – FURG/professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental.

Advogada, licenciada e bacharela em História; Mestre em História (UFRGS); Mestranda em Direito e Justiça Social (FURG); Doutoranda em Educação Ambiental (FURG).

Downloads

Publicado

2019-03-11

Como Citar

Facco, S. V., Caporlíngua, V., & Moura, V. dos S. (2019). Educação ambiental: diálogo de saberes populares sobre ervas medicinais na comunidade quilombola Areal da Baronesa - Porto Alegre, RS. PerCursos, 19(41), 179 - 202. https://doi.org/10.5965/1984724619412018179