Risco, desastre e educação ambiental: a terceira margem do rio Doce

Autores

  • Renata Bernardes Faria Campos Universidade Vale do Rio Doce - Univale
  • Thiago Martins Santos Universidade Vale do Rio Doce - Univale
  • Maria Celeste Reis Fernandes de Souza Universidade Vale do Rio Doce - Univale
  • Eliene Nery Santana Enes Universidade Vale do Rio Doce - Univale

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724618362017066

Resumo

Em 2015, a população da bacia hidrográfica do rio Doce foi surpreendida pelo desastre provocado pelo rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, de responsabilidade da mineradora Samarco (Vale/BHP Billiton), o que alterou as condições ambientais e a vida de pessoas e grupos. Esse é o contexto deste artigo, de cunho bibliográfico, que estabelece um diálogo entre os campos da geografia e da educação ambiental, e tem como objetivo refletir sobre a intencionalidade de se pautar, nas práticas escolares, estudos sobre redução dos riscos de desastres (RRD). A análise, sustentada na literatura sobre riscos, na reflexão sobre os impactos desse evento para a população e no saber ambiental, indica possibilidades para que a temática passe a compor os currículos escolares. As conclusões do estudo apontam para a necessidade de atenção para a degradação ambiental e para a inclusão efetiva de estudos sobre riscos de desastres na pauta das políticas públicas no campo da educação com vistas à prevenção, à atuação crítica e à melhoria das condições de vida, em uma perspectiva ambiental.

 

Palavras-chave: Risco. Desastre. Educação Ambiental. Rio Doce.

Biografia do Autor

Renata Bernardes Faria Campos, Universidade Vale do Rio Doce - Univale

PhD Entomologia pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Professora do Programa de Mestrado em Gestão Integrada do Território da Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE

Thiago Martins Santos, Universidade Vale do Rio Doce - Univale

Mestre em Gestão Integrada do Território pela Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE. Professor do curso de Pedagogia da Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE

Maria Celeste Reis Fernandes de Souza, Universidade Vale do Rio Doce - Univale

PhD Educação pela Universidade Federal de Sergipe - UFS. Professora do Programa de Mestrado em Gestão Integrada do Território da Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE.

Eliene Nery Santana Enes, Universidade Vale do Rio Doce - Univale

Mestre em Gestão Integrada do Território pela Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE. Professora do curso de Pedagogia da Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE.

Downloads

Publicado

2017-07-12

Como Citar

Campos, R. B. F., Santos, T. M., Souza, M. C. R. F. de, & Enes, E. N. S. (2017). Risco, desastre e educação ambiental: a terceira margem do rio Doce. PerCursos, 18(36), 66 - 94. https://doi.org/10.5965/1984724618362017066