O modelo feminino na revista Fon-Fon! (1907-1958): a pedagogia da maternidade no Estado Novo

Autores

  • Renata Franqui Universidade Estadual de Maringá
  • Marcília Rosa Periotto Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724617332016082

Resumo

O trabalho analisa a revista Fon-Fon! especificamente nos anos iniciais do Estado Novo (1937-1939). O objetivo é compreender a atuação da revista quanto aos conteúdos educativos e a forma adotada para atingir o público feminino. Nesse período, à mulher, foram prescritas as tarefas de governar o âmbito doméstico e de promover princípios morais, praticando e difundindo-os, em apoio à instituição familiar. A veiculação de conteúdos que envolviam a política, moda, culinária, conselhos às mães e às donas de casa, charges, anúncios publicitários, etc. dava o tom da sociedade que se pretendia construir, tendo como inspiração o modelo europeu de comportamento e cultura. Assim, parte-se do princípio de que a imprensa feminina constitui um importante artefato pedagógico-cultural na educação das mulheres, uma vez que são difundidas visões de mundo, modelos de feminino e ensinamentos maternos, influindo diretamente em sua formação subjetiva. O texto organiza-se de modo, em um primeiro momento, a apresentar um breve levantamento dos aspectos essenciais da história da educação feminina no Brasil no início do século XX, seguido do exame da influência da imprensa na formação do pensamento social, com destaque à educação das mulheres. Por fim, far-se-á a apreciação de diversos conteúdos veiculados pela Fon-Fon! no recorte histórico ora delimitado.

Biografia do Autor

Renata Franqui, Universidade Estadual de Maringá

Mestra em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Graduada em Pedagogia pela mesma instituição. Desenvolve estudos sobre imprensa feminina e história da educação no Brasil.

Marcília Rosa Periotto, Universidade Estadual de Maringá

Professora Doutora do Programa de Pós-graduação em Educação (PPE) da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Downloads

Publicado

2016-07-22

Como Citar

Franqui, R., & Periotto, M. R. (2016). O modelo feminino na revista Fon-Fon! (1907-1958): a pedagogia da maternidade no Estado Novo. PerCursos, 17(33), 82 -. https://doi.org/10.5965/1984724617332016082

Edição

Seção

Artigos Dossiê