It’s just a reflector: Orfeu, o fantasma e a era especular em Reflektor da banda Arcade Fire

Autores

  • Francisco das Chagas Fernandes Santiago Júnior Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724617332016055

Resumo

O texto trabalha a apropriação do mito de Orfeu e Eurídice no aparato visual (notadamente os vídeos) de Reflektor, quarto álbum da banda musical canadense Arcade Fire, com objetivo de localizar o momento no qual o mito clássico encontrou a reflexão sobre a era das imagens na cultura global atual. A partir de uma análise iconológica, será investigado o uso de conceitos visuais, especialmente os temas do fantasma, do espelho e da reflexão nas obras audiovisuais produzidas para o álbum da banda, os quais tiveram ampla divulgação na internet.

Biografia do Autor

Francisco das Chagas Fernandes Santiago Júnior, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Licenciado em História na UFPI em 2002. Mestre em Multimeios na UNICAMP em 2005. Doutor em História pela UFF em 2009.

Downloads

Publicado

2016-07-22

Como Citar

Santiago Júnior, F. das C. F. (2016). It’s just a reflector: Orfeu, o fantasma e a era especular em Reflektor da banda Arcade Fire. PerCursos, 17(33), 55 -. https://doi.org/10.5965/1984724617332016055

Edição

Seção

Artigos Dossiê