Psicologia escolar crítica e formação continuada de professores na EJA: um espaço de co-construção

Autores

  • Adriana Bolis Universidade Federal de Santa Catarina
  • Denise Cord Universidade Federal de Santa Catarina
  • Leandro Castro Oltramari Universidade Federal de Santa Catarina
  • Marivete Gesser Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724616312015059

Resumo

As práticas pedagógicas da escola tradicional têm excluído, ao longo da história, milhares de pessoas que não se adéquam ao seu caráter homogeneizante de aprender e se comportar. Diante disso, a educação de jovens e adultos tem um importante papel que é o de contribuir para que essas pessoas possam se apropriar dos conhecimentos historicamente produzidos, garantindo a sua humanização. Isto posto, o trabalho ora apresentado, trata-se de um relato de experiência que teve como finalidade contribuir com a formação dos professores e coordenadores da Educação de Jovens e Adultos da Secretaria Municipal de Educação de um município de Santa Catariana. O trabalho foi realizado ao longo do ano de 2014 e contou com diferentes estratégias de intervenção profissional, a saber: formação em serviço no cotidiano escolar de um núcleo de EJA; Plantões Institucionais realizados na universidade para os coordenadores de todos os núcleos e assessoria à coordenação geral de EJA do município. Visando construir um processo de formação de professores realizado “com” os professores e coordenadores e não “para” eles, partimos da vivência cotidiana dos mesmos, tendo em vista a peculiaridade da proposta pedagógica, que institui a Pesquisa como Princípio Educativo, por meio do trabalho transdisciplinar dos professores. Foi possível verificar a importância da criação de espaços formativo-reflexivos para a formação humana e técnica de professores e coordenadores, assim como para alinhar as práticas organizacionais aos princípios filosóficos que norteiam a proposta pedagógica.

Biografia do Autor

Adriana Bolis, Universidade Federal de Santa Catarina

Estudante de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catariana, cursando atualmente o nono período.

Denise Cord, Universidade Federal de Santa Catarina

Prof. Drª. do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Psicologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: relações de ensino e de aprendizagem, psicologia escolar, educação, educação de jovens e adultos no campo e saúde e educação.

Leandro Castro Oltramari, Universidade Federal de Santa Catarina

Prof. Dr. do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Processos Grupais e de Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: Psicologia da Educação, gênero e sexualidade. Participante do Grupo de pesquisa "Psicologia e Processos Educacionais".

Marivete Gesser, Universidade Federal de Santa Catarina

Profª. Drª do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina. É integrante do Laboratório de Psicologia Escolar e Educacional da UFSC; do Margens Núcleo de Estudos Modos de Vida, Família e Relações de gênero; do NED - Núcleo de Estudos sobre Deficiência; além de membro do GT da ANPPEP Psicologia, Política e Sexualidades. Atua nos seguintes temas: gênero e diversidade na escola, processos educativos e constituição do sujeito, deficiência e direitos humanos.

Downloads

Publicado

2015-11-05

Como Citar

Bolis, A., Cord, D., Oltramari, L. C., & Gesser, M. (2015). Psicologia escolar crítica e formação continuada de professores na EJA: um espaço de co-construção. PerCursos, 16(31), 59 -. https://doi.org/10.5965/1984724616312015059