“Literacia histórica” e gênero: o corpo na revista Capricho <em>DOI: 10.5965/1984724614262013144</em>

Autores

  • Flávia Mantovani Universidade Estadual de Londrina

Resumo

O conceito de “literacia histórica” – trabalhado, principal e inicialmente, por Peter Lee – refere-se basicamente a uma “leitura do mundo” ligada ao conhecimento histórico. Objetivamos neste artigo desenvolver algumas reflexões sobre tal conceito, considerando que a História, em suas múltiplas definições, funções e possibilidades de conhecimento, é também uma forma de leitura que implica necessariamente reconhecer que as coisas ou fenômenos que tomamos por objetos de conhecimento não são naturais ou dados a-históricos, mas uma construção cultural, portanto, histórica. Tais considerações sobre a “literacia histórica” são importantes, pois são parte de uma pesquisa que busca investigar as apropriações de leitoras da Revista Capricho e, para tanto, é necessário pensar este sujeito – a leitora – e as formas como apreende historicamente textos e conceitos, já que o Ensino de História, na abordagem da Educação Histórica, tem uma potencial capacidade de desenvolver nos estudantes uma habilidade de crítica às suas próprias realidades.

Downloads

Publicado

2013-08-02

Como Citar

Mantovani, F. (2013). “Literacia histórica” e gênero: o corpo na revista Capricho <em>DOI: 10.5965/1984724614262013144</em>. PerCursos, 14(26), 144 - 157. Recuperado de https://periodicos.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724614262013144