Entrevistas-passo: um livro de artista em deslocamentos pela cidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234615372023e0013

Palavras-chave:

entrevistas ambulantes, etnografia, educação, arte, transdisciplinaridade

Resumo

Este artigo revisita o método das entrevistas-passo, que deu origem ao livro de artista Cidade Passo, anos depois de sua publicação, propondo uma releitura que desloca o trabalho de sua aproximação inicial com a etnografia em direção à noção de educação da atenção. No desenvolver desta análise, relaciono as entrevistas-passo com a imagem das "figuras de barbante" (string figures) proposta por Haraway para pensar sistemas colaborativos entre seres vivos e com a noção de percurso a pé enquanto desenho e objeto arquitetônico, a partir das reflexões de Jacques e Careri. Por fim, reescrevo uma das experiências feitas no contexto de produção do livro em São Paulo e proponho um diálogo desta como um novo trajeto, feito em 2020, em Salvador, lançando mão um modo de uma escritura em primeira pessoa que se identifica com a noção de “escrita acadêmica f(r)iccional”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vânia Medeiros Moreira, Universidade de São Paulo

Pós-doutoranda em artes pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ. Membro do grupo de pesquisa Motim – Mito, rito e cartografias feministas nas artes. Lattes: https://lattes.cnpq.br/2467395476705784. E-mail: vanymedeiros@gmail.com.

Referências

ALMEIDA, Sónia Vespeira. Antropologia e práticas artísticas em Portugal. Cadernos de Antropologia, v. 1, p. 73-83, 2013.

HARAWAY, Donna. Staying with the trouble. Making Kin in the Chthulucene. Duke University Press. Durham and London, 2016.

INGOLD, Tim. Antropologia e/ como educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 2020.

INGOLD, Tim. Chega de etnografia! A educação da atenção como propósito da antropologia. Educação, v. 39, n. 3, p. 404-411, 22 dez. 2016.

INGOLD, Tim. Lines. A brief history. Routledge: New York, 2007.HARAWAY, Donna.

LYRA, Luciana de Fatima Rocha Pereira. Escrita acadêmica performática... Escrita F(r)iccional: Pureza e perigo. Urdimento, Florianópolis, v. 2, n. 38, ago./set. 2020.

CARERI, Francesco. Walkscapes. O caminhar como prática estética. São Paulo: Editora G. Gili, 2013.

JACQUES, P.B. Elogio aos Errantes. Salvador: EDUFBA, 2012.

MOREIRA, Vânia Medeiros. Cidade passo: conversações entre arte, design e etnografia. 2017. Dissertação (Mestrado em Design e Arquitetura) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. doi:10.11606/D.16.2018.tde-09062017-104457. Acesso em: 2020-10-20.

EVANS, James; JONES, Phill. The walking interview: Methodology, mobility and place. In Applied Geography, n. 31, p. 849 - 858, 2011.

FOSTER, Hal. O retorno do real: A vanguarda no final do século XX. São Paulo: Ubu Editora, 2017.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2009.

Downloads

Publicado

2023-11-20

Como Citar

MOREIRA, Vânia Medeiros. Entrevistas-passo: um livro de artista em deslocamentos pela cidade. Palíndromo, Florianópolis, v. 15, n. 37, p. 1–21, 2023. DOI: 10.5965/2175234615372023e0013. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/24041. Acesso em: 26 fev. 2024.