SomBRafica: um relato sobre o processo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034701282023112

Palavras-chave:

diáspora africana, escravização, teatro de sombras, performance, intervenção cênica urbana

Resumo

Este texto apresenta os caminhos da Cia Quase Cinema na concepção e produção de um novo trabalho como teatro de sombras para a rua. Apresenta os estímulos para a pesquisa do grupo sobre a diáspora e como a montagem aconteceu, suas escolhas, os processos e o tratamento do material coletado para criação da obra. Dessa forma, compõe um relato sobre as etapas da montagem da peça SomBRafrica.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ronaldo Robles, Companhia Quase Cinema

Artista visual, diretor, performer e produtor. Fundador da Cia Quase Cinema, formado em Ciências Sociais FFLCH/USP, com ênfase em antropologia da performance e do drama, cursou Rádio e TV na Universidade São Judas. Pesquisa o teatro de sombras no espaço urbano, dando especial tratamento para produção de  imagens simbólicas e o diálogo com as artes visuais e cinematográficas no teatro.

Silvia Godoy, Companhia Quase Cinema

Iluminadora, bailarina, performer e diretora. Formada em Comunicação em Artes do Corpo – PUC/SP. Iniciou o curso de cinema FAAP/SP. Em 2004, fundou a Cia Quase Cinema junto com Ronaldo Robles. Pesquisa a consciência corporal do performer e a função da luz no espaço cênico, dando especial  tratamento para a preparação do performer para o teatro de sombras. 

Referências

ALVES, Castro, Navio Negreiro. São Paulo: Saraiva, 2010.

ALMEIDA, Djaimilia Pereira de Esse Cabelo. São Paulo: Todavida, 2022.

CESAIRE, Aime, Discurso Sobre a Negritude. São Paulo: Nandyala, 2010.

COHEN, Renato. Performance como Linguagem. São Paulo: Perspectiva, 2004.

COHEN, Renato. Work in progress na cena contemporânea. São Paulo: Perspectiva, 1998.

FANON, Frantz, Pele negra máscaras brancas. São Paulo: Edufba, 2008.

GOMES, Laurentino. Escravidão. Rio de Janeiro: Globo, v1, 2019.

IKEDA, Daisaku. Vida um enigma, uma joia preciosa. São Paulo: Record, 2003.

MELLO E SOUZA, Marina de. África e Brasil Africano. São Paulo, Ática, 2005.

MUNANGA, Kabengele. Negritude, Usos e sentidos. São Paulo, Ática, 1988.

SARR, Felwine. Afrotopia. N-1 edições, 2019.

Entrevista consultadas:

RIBEIRO, Djamila, Roda viva. TV Cultura, 2020. Acesso disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=jn1AtnzTql8

Documentários consultados:

PECK, Raoul. Exterminate all the Brutes. HBO.2020. Acesso disponível em: https://www.hbo.com/exterminate-all-the-brutes

MCQUEEN, Steve. Small Axe. Prime Video. 2020.Acesso disponível em: https://www.primevideo.com/detail/Small-Axe/0N4R33UCITDSERIAYNRP8PP0JI

FRAGA, César e CASTRO, Maurício Barros de. Sankofa, África que te habita. Netflix, 2020. Acesso disponível em: https://www.netflix.com/watch/81350736?trackId=255824129

Site de consulta:

https://www.slavevoyages.org/

Downloads

Publicado

2023-10-27

Como Citar

ROBLES, Ronaldo; GODOY, Silvia. SomBRafica: um relato sobre o processo. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 1, n. 28, p. 112–146, 2023. DOI: 10.5965/2595034701282023112. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/moin/article/view/24093. Acesso em: 24 fev. 2024.