A presença das máscaras no ritual de iniciação feminina do povo Tikuna

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034702232020112

Palavras-chave:

Feminino, máscara, ritual, saberes ameríndios

Resumo

Neste artigo será abordada a pesquisa sobre as máscaras da etnia ameríndia Tikuna, localizados na tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru. Trata-se de uma pesquisa teórico-prática, tendo como metodologia a pesquisa autoetnográfica, onde o olhar da artista se evidencia. Assim, a partir de minha convivência com os Tikuna, na aldeia (Nossa Senhora de Nazaré, AM) e em contexto urbano (no Parque das Tribos em Manaus) trarei um pouco sobre esse universo das máscaras que fazem parte do principal ritual Tikuna, de iniciação feminina Worecü, A Festa da Moça Nova, que acontece quando a menina Tikuna tem sua menarca.

Biografia do Autor

Vanessa Benites Bordin, Universidade do Estado do Amazonas

Professora Adjunta dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Teatro da Universidade do Estado do Amazonas. Doutorado e mestrado em Artes pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA - USP) na área de Pedagogia do Teatro - Formação do Artista Teatral. Bacharel em Artes Cênicas pela Universidade de Santa Maria - RS. Sua prática artística e pedagógica contempla: a improvisação teatral, a contação de histórias, o bufão e o teatro de formas animadas com foco nas máscaras Tikuna.

Referências

AMARAL, Ana Maria. Teatro de Formas Animadas: máscaras, bonecos, objetos. São Paulo: Edusp, 2011.

BORDIN, Vanessa Benites. O jogo do bufão como ferramenta para o artivista. Dissertação (mestrado) Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2013.

FAULHABER, Priscila. O ritual e seus duplos: fronteira, ritual e papel das máscaras na festa da moça nova ticuna. In: Boletín de Antropología de la Universidad de Antioquia, vol. 21, n. 38, p. 86-103. 2007.

LOPES, Elisabeth Silva. Ainda é tempo de bufões. Tese (doutorado) Programa de Pósgraduação em Artes Cênicas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, 2001.

MATAREZIO FILHO, Edson Tosta. A Festa da Moça Nova: ritual de iniciação feminina dos índios Ticuna. Tese (doutorado) Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

ONDINO, Tikuna. Entrevista concedida pessoalmente a Vanessa Bordin. Novembro de 2016.

Downloads

Publicado

2020-12-18

Como Citar

BORDIN, V. B. A presença das máscaras no ritual de iniciação feminina do povo Tikuna. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 2, n. 23, p. 112-127, 2020. DOI: 10.5965/2595034702232020112. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/moin/article/view/18358. Acesso em: 24 jul. 2021.