O engajamento de Ruth Escobar nas lutas feministas: III Festival Internacional de Teatro

Eder Sumariva Rodrigues, Vera Collaço

Resumo


Este artigo tem como objetivo debater algumas das produções teatrais presentes no III Festival Internacional de Teatro (FIT), realizado no período de 1.º a 16 de agosto de 1981, evento que teve como uma das características a discussão sobre o papel das mulheres no teatro latino-americano durante a ditadura militar brasileira. Sob curadoria da produtora Ruth Escobar, além da participação do Brasil, espetáculos vindos do Chile, Equador e Argentina, países que também estavam sob ditaduras militares, participaram desse evento para discutir o papel da mulher em seus respectivos contextos. O mote sobre as mulheres na arte teatral serviu como pretexto para a produtora Ruth Escobar enfrentar os pensamentos incrustados dos militares e firmar a posição feminista em sua trajetória. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102212013050



Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

   

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.