Um acervo como ponto de partida

Luisa Carvalho Delgado

Resumo


Abrir velhos baús de memórias significa, muitas vezes, um reencontro com a própria vida. Os papéis amarelados pelo tempo guardam segredos, emoções, sonhos, expectativas, projetos, costumes e práticas (CUNHA, 2009). Nessa perspectiva, o presente artigo tem como objetivo apresentar de que forma se realizou o encontro com o arquivo pessoal de Astrogildes Delgado de Carvalho, educadora que atuou nas décadas de 1930 a 1980, no Rio de Janeiro. Sua ação influenciou a prática da educação infantil e a formação de educadoras dos centros de atendimento ao pré-escolar (Capes), juntamente com a Organização Mundial para a Educação Pré-escolar/Brasil/Rio de Janeiro (Omep/BR/RJ). Além disso, tem-se como objetivo perceber de que maneira esse encontro possibilitou a realização da pesquisa biográfica sobre a educadora.

 

Palavras-chave: Coleções Particulares; Educação de Crianças;

Carvalho, Astrogildes Delgado de - Biografia.

Texto completo:

HTML PDF

Referências


BOURDIEU, Pierre. O sociólogo e o historiador. Tradução Guilherme João de Freitas Teixeira. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.

CARVALHO, Astrogildes Delgado. Cadernos de Retiro. Petropolis,1953.

CASTRO, Celso. A trajetória de um arquivo histórico: reflexões a partir da documentação do Conselho de Fiscalização das Expedições Artísticas e Científicas no Brasil. Estudos Históricos, Rio de janeiro, n.36, p.33-42, jul./-dez. 2005.

CASTRO, Celso. Pesquisando em arquivos. Rio de Janeiro: Ed. Zahar, 2008.

CUNHA, Maria Teresa Sousa. Territórios abertos para a história. In: PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina. O historiador e suas fontes. São Paulo: Editora Contexto, 2009 a. 251.p.

CUNHA, Maria Teresa Sousa. Viver e escrever: cadernos e escritas ordinárias de um professor catarinense (século xx). Trabalho apresentado no XI Congresso Nacional de de Educação – EDUCERE, Curitiba, 2013. CUNHA, Maria Teresa Sousa. Viver e escrever: cadernos e escritas ordinárias de um professor catarinense (século xx)—2013. In: CUNHA, Maria Teresa Sousa. (Org.). Uma biblioteca anotada: caminhos do leitor no acervo de livros escolares do Museu da Escola Catarinense (década de 20 a 60/século XX). Florianópolis: Imprensa Oficial do Estado de Santa Catarina; UDESC, 2009b.

CUNHA, Maria Teresa Sousa. No tom e no tema: escritas ordinárias na perspectiva da cultura escolar (segunda metade do século XX). In: BENCOSTTA, Marcus Levy Albino (Org.). Culturas escolares, saberes e práticas educativas: itinerários históricos. São Paulo: Cortez, 2007.

CUNHA, Maria Teresa Sousa. Diários íntimos de professores que duram. In: MIGNOT, Ana Chrystina; BASTOS, Maria Helena ; CUNHA, Maria Teresa S. (Orgs.). Refúgios do eu: educação, história, escrita autobiográfica. Florianópolis: Mulheres, 2000. p. 159-180.

FARGE, Arlete. O sabor do arquivo. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2009.

GALVÃO, Walnice Nogueira; GOTLIB, Nádia Battella (Orgs.). Prezado senhor, prezada senhora: estudos sobre cartas. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

GIOVANAZ, Marlise Maria. Práticas de coleção: seleção e classificação dos restos do passado. Anos 90, Porto Alegre, n. 11, jul. 1999.

GOMES, Ângela Castro (Org.). Escrita de si, escrita da história. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004.

KOSSOY, Boris. Fotografia e história. São Paulo: Ateliê Editorial, 2001.

MAUAD, Ana Maria. Poses e flagrantes: ensaios sobre a história e fotografias. Niterói, Editora da Universidade Federal Fluminense, 2008.

MAUAD, Ana Maria. Na mira do olhar: um exercício de análise da fotografia nas revistas ilustradas cariocas na primeira metade do século XX. Anais do Museu Paulista, São Paulo, N. Sér. v.13, n. 1.p.133174, jan./-jun. 2005.

MIGNOT, Ana Chrystina Venancio; LEITE FILHO, Aristeo. A criança tem necessidade de expansão física: recomendações e prescrições de uma educadora para o jardim de infância. Cadernos de História da Educação, v. 10, n. 2, p.189-202, jul./dez. 2011.

MIGNOT, Ana Chrystina Venancio; LEITE FILHO, Aristeo. (Org.). Cadernos à vista. Escola, memória e cultura escrita. Rio de Janeiro: Eduerj, 2008.

MIGNOT, Ana Chrystina Venancio; LEITE FILHO, Aristeo. Baú de memórias, bastidores de história: o legado pioneiro de Armanda Álvaro Alberto. Bragança Paulista: EDUSF, 2002.

MIGNOT, Ana Chrystina V; BASTOS, Maria Helena Cunha; Maria Teresa. S. (Orgs.). Refúgios do eu. Florianópolis: Mulheres, 2000.




DOI: https://doi.org/10.5965/2175180307142015217

Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em História - PPGH
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001            Telefone: (48) 3664-8585
tempoeargumento@gmail.com