Notícias

ORFEU é classificada como A1 na divulgação preliminar do Qualis CAPES 2019

 

A CAPES informa que em 18/7 foi disponibilizada para os coordenadores de área uma planilha preliminar como parte do processo de construção do Qualis Referência.

Esta planilha, entre outros indicadores, deverá ser analisada pelos coordenadores de área em conjunto com seus coordenadores de Programas de Pós-Graduação. Esta análise deverá ocorrer durante os Seminários de Meio-Termo – que acontecem nos meses de agosto e setembro – para posterior divulgação do resultado final com os devidos ajustes, caso sejam necessários, na Plataforma Sucupira.

Por meio da Diretoria de Avaliação, em 2018, a CAPES deu início ao aprimoramento dos instrumentos utilizados na avaliação da pós-graduação brasileira, com foco na qualidade da formação de doutores e mestres.
As mudanças seguem as recomendações apontadas no relatório da Comissão Especial de Acompanhamento do Plano Nacional de Pós-Graduação (PNPG 2011-2020) e estão sendo debatidas com a comunidade acadêmico-científica, por meio de Grupos de Trabalho.
Em 2019, uma nova metodologia foi apresentada às áreas de avaliação, quanto ao Qualis Periódicos. Essa nova fórmula busca critérios mais objetivos que permitam uma comparação mais equilibrada entre áreas de avaliação, atentando-se também para a internacionalização.
 
Metodologia – Qualis Periódicos
A nova proposta se baseia em quatro princípios:
Classificação única – cada periódico recebe apenas uma qualificação, independentemente da quantidade de áreas de avaliação às quais foi mencionado;
Classificação por áreas-mães – os periódicos foram agrupados de acordo com a área na qual houve maior número de publicações nos anos de referência avaliativo, chamada de área-mãe;
Qualis Referência - por meio do uso combinado de indicadores bibliométricos e um modelo matemático, a própria Diretoria de Avaliação montou uma lista de periódicos pré-classificados, definidos como Qualis Referência;
Indicadores bibliométricos – basicamente, são os que consideram o número de citações do periódico dentro de três bases: Scopus (CiteScore), Web of Science (Fator de Impacto) e Google Scholar (índice h5). Foi levada em consideração a categoria de área que cada base enquadra o periódico e a sua posição relativa dentro dela.
 
Publicado: 2019-07-21
 

DOSSIÊ PRÁTICAS MUSICAIS COLETIVAS E MÚSICA DE CÂMARA (2019.1)_CHAMADA ENCERRADA

 
As práticas musicais coletivas são uma manifestação humana primordial ligada a um rol de práticas sociais: à ritualidade, à comunicação, à política, à religião, ao lazer. Considerando sua natureza coletiva, a música de câmara é proposta neste dossiê como um conceito amplo e nesta perspectiva pode adquirir uma abrangência que se estende para além da música europeia dos séculos XVIII e XIX. Podemos concebê-la atravessando diferentes épocas, estilos e culturas, em manifestações as mais variadas: grupos vocais, instrumentais e mistos, populares e eruditos, improvisados e ensaiados, combinados com outras artes e narrativas. Artigos que reflitam sobre a dimensão pedagógica do fazer musical coletivo e seu papel na educação musical são igualmente bem-vindos. A todos que praticam música coletivamente e refletem sobre esta prática, nosso convite para submeter artigos à ORFEU.

Data limite para submissões: 30/03/2019

Link para submissões:

http://revistas.udesc.br/index.php/orfeu/information/authors

Informações adicionais, dúvidas, escreva para:

revistaorfeu@gmail.com

Atenciosamente,

Prof. Dr. Guilherme Sauerbronn de Barros

ProfaDrª Teresa Mateiro

Editores

 
Publicado: 2018-07-05
 

DOSSIÊ MÚSICA E INTERNACIONALIZAÇÃO UNIVERSITÁRIA (2019.2)_CHAMADA ABERTA

 

Desde a década de 1990, com o processo da globalização, a dimensão internacional vem ganhando força na educação superior. O tema é complexo quando associado ao potencial econômico, à responsabilidade do Estado e ao processo de expansão, tanto da pesquisa e do ensino quanto da produção científica da internacionalização universitária. Para este dossiê serão bem-vindos trabalhos que reflitam sobre trocas internacionais na área de música, destacando-se temas como: música na perspectiva intercultural, currículos internacionalizados, pesquisas sobre teorias, metodologias e práticas concebidas em outros países, mobilidade acadêmica, cooperação técnico-científica cultural e políticas públicas educacionais para a área de música. A todos os interessados nesta temática, fica nosso convite para submeter artigos à ORFEU.

Data final para submissão de trabalhos: 30/09/2019

Link para submissões:

http://revistas.udesc.br/index.php/orfeu/information/authors

Caso os autores não estiverem cadastrados no sistema da Revista Orfeu, é necessário fazer o cadastramento.

Link para cadastro

http://revistas.udesc.br/index.php/orfeu/user/register

Questões ou dúvidas sobre as informações abordadas acima, por favor escrevam para revistaorfeu@gmail.com

Atenciosamente,

Prof. Dr. Guilherme Sauerbronn de Barros

ProfaDrª Teresa Mateiro

Editores

 
Publicado: 2018-07-05
 

CHAMADA DE TRABALHOS - CALL FOR PAPERS_FLUXO CONTÍNUO

 

 

A revista ORFEU - Revista do Programa de Pós-Graduação em Música da UDESC convida autores a submeterem trabalhos para publicação neste periódico.

 

As seções Artigos (com temática livre), Traduções, Resenhas e Entrevistas, e Estréias, recebem artigos em regime de fluxo contínuo.

Submissões online

Link para submissões: http://revistas.udesc.br/index.php/orfeu/information/authors

Acesso ao número atual da ORFEU: http://revistas.udesc.br/index.php/orfeu/issue/current

Os artigos deverão ser inéditos e encaminhados com a seguinte formatação:

  • Tamanho: 6.000 a 12.000 palavras (sem incluir título geral, resumo, palavras-chave e referências)
    • Formato: .doc ou .rtf (até 5Mb).
    • Margens: esquerda, direita, superior e inferior de 2,5 cm.
    • Fonte: Times New Roman, tamanho 12.
    • Parágrafo: espaçamento 1,5; alinhamento justificado.

Os trabalhos devem seguir os critérios da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Durante a edição, serão adaptados ao projeto e formato editorial da Revista Orfeu.

 

 

 

 
Publicado: 2016-07-13