Construção e criação: dois aprendizados intimamente ligados

Greta Bruggeman

Resumo


É com um espírito ao mesmo tempo artístico e artesanal que estudo, há
trinta anos, o objeto-boneco. Para mim, trata-se, efetivamente, de uma ampla área de expressão, na qual várias artes se interpenetram. Assim, desde o início da minha carreira, os encontros, as experiências e os compartilhamentos com outros criadores balizaram o meu percurso. Daí nasceu a linguagem estética singular da companhia Arketal, cuja riqueza Sylvie Osman e eu nos esforçamos hoje em dia para transmitir, tanto no âmbito da construção quanto no da atuação. Na verdade, quer se destine à confecção, quer se destine à interpretação, todo e qualquer aprendiz de bonequeiro deve apreender o boneco na sua totalidade, a fim de melhor perceber-lhe a complexidade e, desse modo, ser capaz de encontrar a sua própria linguagem.


Palavras-chave: Ensino boneco. Construção boneco. Formação boneco.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2595034702142015186

Direitos autorais 2018 Móin-Móin Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES, DIRETÓRIOS E BASES DE DADOS: