[1]
H. B. Vidor, “A emoção e o ator: Stanislavski, Brecht, Grotowski”, Urdimento, vol. 1, nº 4, p. 032 - 042, maio 2017.