[1]
M. Catalão, “Ficção como crítica, crítica como performance”, Urdimento, vol. 2, nº 23, p. 092 - 101, nov. 2014.