Encenação - Poema a boca fechada

Autores

  • Néia Longen Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Resumo

Como explicar o silêncio com o silêncio? Poemas são palavras recompostas. Poema à boca fechada é um poema-espetáculo que não fala, não se recita, não tem sinopse. Um não-dizer, um ímpeto. A não-comunicação, a família. Um calar. A dor em seus diferentes níveis, em diferentes personalidades, um trauma. Um pouco de cada um de nós. Uma falta daquilo que nunca tivemos.

Downloads

Publicado

2014-07-23

Como Citar

LONGEN, N. Encenação - Poema a boca fechada. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 22, p. 301 - 304, 2014. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/4840. Acesso em: 26 jul. 2021.

Edição

Seção

Ensaio Fotográfico de Espetáculos