A transfobia como trauma e critério curatorial da cisnormatividade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101502024e0110

Palavras-chave:

transgeneridade, transfobia, cisnormatividade, teoria cuír, curadoria

Resumo

O presente artigo foca no fenômeno da transfobia para analisar o comportamento da cisnormatividade como paradigma hegemônico de organização sociocultural. Em diálogo com pensadores e pensadoras da teoria cuír, se defende que a transfobia não é um mecanismo de opressão que se dá mediante a demonstração de força, mas sim uma resposta traumática da cisnormatividade ao vislumbrar seu próprio fim. Também é feita uma reflexão acerca do domínio cisgênero dos espaços de poder do cenário teatral, como a produção, a curadoria e a crítica, de modo a identificar um discurso supostamente progressista de “inclusão” como uma versão sofisticada do funcionamento da transfobia como trauma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Oliver Olívia Lagua de Oliveira Bellas Fernandes, Universidade de São Paulo

Mestrando em Artes Cênicas na Universidade de São Paulo (ECA/USP). Graduação – Bacharelado em Filosofia pela USP. Ator, diretor, performer e pesquisador trans não binário.

Referências

BUTLER, J. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

BUTLER, J. Os atos performativos e a constituição do gênero: um ensaio sobre fenomenologia e teoria feminista. 2018. Disponível em: https://chaodafeira.com/wp-content/uploads/2018/06/caderno_de_leituras_n.78-final.pdf. Acesso em: 20 maio 2020.

KRISTEVA, J. Powers of horror. An Essay on Abjection. Nova York: Columbia University Press, 1982.

HEGEL, G. W. F. Fenomenologia do espírito. São Paulo: Ed. Abril, Col. Os Pensadores, 1974.

LEAL, D. T. B. Fabulações travestis sobre o fim. Conceição/Conception, [S. l.], v. 10, n. 00, p.e021002, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conce/article/view/8664035. Acesso em: 21 ago. 2023.

MOMBAÇA, J. A plantação cognitiva. In: MASP Afterall - Arte e Descolonização. São Paulo: Museu de Arte de São Paulo, 2020.

MOMBAÇA, J. Não vão nos matar agora. Rio de Janeiro: Cobogó, 2021.

PRECIADO, P. Manifesto contrassexual: práticas subversivas de identidade sexual. São Paulo: N-1 Edições, 2017.

Publicado

2024-04-28

Como Citar

FERNANDES, Oliver Olívia Lagua de Oliveira Bellas. A transfobia como trauma e critério curatorial da cisnormatividade. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 50, p. 1–17, 2024. DOI: 10.5965/1414573101502024e0110. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/25089. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático: Justiça Epistêmica em Artes Cênicas