O Beijo [Cancelado]: pontos de tensão na obra de Nelson Rodrigues

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573104492023e0108

Palavras-chave:

Punctum, estudos de gênero, atuação, pontos de tensão, teatro brasileiro

Resumo

O artigo parte da experiência de adaptação da peça O Beijo no Asfalto (1961) para apresentação como Estágio de Atuação no Departamento de Arte Dramática (DAD) da UFRGS. O resultado originou o monólogo intitulado O Beijo [Cancelado][, em cuja pesquisa se pretendeu identificar e discorrer sobre aquilo que denominamos de pontos de tensão da peça, os imperativos de linguagem que dizem respeito ao tratamento de gênero das personagens que podem ser submetidos a um diálogo com a crítica anti-homofóbica e feminista. O processo parte do reconhecimento da não-neutralidade do corpo do ator cisgênero frente ao desafio de representar personagens de grupos subalternizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Leonardelli, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorado em Artes pela Universidade de São Paulo (USP). Mestrado em Artes pela USP. Graduação em Comunicação Social Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Professora Adjunta no Departamento de Arte Dramática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

João Cláudio Petrillo Miranda, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestrando em Artes Cênicas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Graduação em Teatro pela UFRGS. Graduação em Artes Visuais pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC). 

Referências

BARTHES, Roland. A Câmara Clara. Trad. Júlio Castañon Guimarães. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.

BUTLER, Judith. Vida precária. Contemporânea – Revista de Sociologia da UFSCar. São Carlos, n.1, p. 13-33, 2011.

CRUZ, Jessika Villalon Souza. Teatro e transexualidade: Narrativa sobre a construção da personagem Geni, de Nelson Rodrigues, na experiência de uma mulher transexual. In Anais do XI Cinabeth - Diversidade sexual, étnico-racial e de gênero: saberes plurais e resistências. Vol. 2, p 137-149, 2023.

FERRACINI, R. Codificar para recriar: a busca do “Punctum”. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 7, p. 039-047, 2018.

MIRANDA, João Claudio Petrillo. Pontos de Tensão: Desafios para o ator contemporâneo na obra de Nelson Rodrigues. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arte Dramática) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2023.

MONTENEGRO, Fernanda. Prólogo, Ato, Epílogo: memórias. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

RODRIGUES, Sônia. Nelson Rodrigues por ele mesmo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.

FONTANARI, Rodrigo. Do Neutro ao Punctum – em Busca do Grau Zero do Olhar. Volume 17, Exemplar n°1, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.15210/ rle.v17i1.15351

FONTANARI, Rodrigo. A noção de punctum de Roland Barthes, uma abertura da imagem?. Volume 03. Exemplar n° 1, 2015. Disponível em:

https://revistas.pucsp.br/index.php/paralaxe/article/view/20000

Publicado

2023-12-13

Como Citar

LEONARDELLI, Patrícia; MIRANDA, João Cláudio Petrillo. O Beijo [Cancelado]: pontos de tensão na obra de Nelson Rodrigues. Urdimento: Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 4, n. 49, p. 1–17, 2023. DOI: 10.5965/1414573104492023e0108. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/24417. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático: Nelson Rodrigues no chão do palco