Medéia

Autores

  • William Pereira Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Resumo

Na atuação de Luciana Lyra, o solo de Medeia é uma das cinco peças curtas que tomam parte do espetáculo Um Berço de Pedra, com dramaturgia de Newton Moreno e direção de William Pereira. Nessa releitura de Eurípedes, a personagem-título é uma presidiária transmutada em arquétipo da brasileira excluída, condenada por infanticídio e confrontada com a tragédia da maternidade. Trazer a tona o mito de Medeia é desvelar simbolicamente a transição do matriarcado para o patriarcado e as lutas pelo poder entre a ordem antiga bárbara, sábia e selvagem, regida por forças femininas e a renovada ordem do falocentrismo em ascensão.

Downloads

Publicado

2018-11-19

Como Citar

PEREIRA, W. Medéia. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 33, p. 532-534, 2018. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/14301. Acesso em: 26 jul. 2021.

Edição

Seção

Ensaio Fotográfico de Espetáculos