Coreologia: habitações poéticas da obra labaniana

Autores

  • Marcilio de Souza Vieira Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)< Natal, RN

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102292017044

Resumo

Trata-se de aproximações do pensamento labaniano com a filosofia. Coreosofia pode ser entendida como a ontologia do pensamento sobre o movimento humano sob a ótica de Laban. Dessa forma, a Coreosofia se ancora no Mundo do Silêncio, na Ação e Recuperação e na Cultura Festiva. Tais conceitos não são sistematizados na obra de Laban, mas encontram-se diluídos em seus escritos.

 

Biografia do Autor

Marcilio de Souza Vieira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)< Natal, RN

Pós-Doutor em Artes (UNESP “Júlio Mesquita Filho”), Doutor em Educação (FRN), Professor do Curso de Dança da UFRN. Membro pesquisador do Grupo de Pesquisa Corpo, Fenomenologia e Movimento (Grupo Estesia/UFRN) e do Grupo de Pesquisa em Corpo, Dança e Processos de Criação (CIRANDAR); é professor dos Programas de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGArc) e Pós-Graduação em Ensino de Artes (PROFARTES) da UFRN. marciliov26@hotmail.com; souvyer@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

2017-11-02

Como Citar

VIEIRA, M. de S. Coreologia: habitações poéticas da obra labaniana. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 29, p. 044-058, 2017. DOI: 10.5965/1414573102292017044. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102292017044. Acesso em: 27 out. 2021.

Edição

Seção

Fluxo Continuo