Ficção como crítica, crítica como performance

Autores

  • Marco Catalão Universidade Estadual de Campinas (UNICAMO), Campinas, SP

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102232014092

Resumo

Tomando como ponto de partida o apagamento dos limites entre crítica e ficção observado nos textos híbridos de Jorge Luis Borges e Roberto Bolaño, este artigo investiga a incorporação de elementos tradicionalmente associados à esfera literária nos textos críticos que analisam a cena contemporânea. A partir do diálogo entre literatura e teatro, crítica e ficção, atividade criativa e esforço teorizador, propõem-se alguns experimentos críticos-cênicos com o intuito de promover curtos-circuitos entre representação e realidade, evidenciando os falsos limites entre espaço cênico e espaço crítico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Catalão, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMO), Campinas, SP

Doutor em Teoria e História Literária pelo Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (IEL/UNICAMP). Dramaturgo e dramaturgista.

Downloads

Publicado

2014-11-23

Como Citar

CATALÃO, M. Ficção como crítica, crítica como performance. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 23, p. 092 - 101, 2014. DOI: 10.5965/1414573102232014092. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102232014092. Acesso em: 30 nov. 2022.