Narrativa, Drama e Estímulo Composto

Autores

  • John Somers Universidade de Exeter/UK
  • Tradutora: Beatriz Cabral Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102172011175

Resumo

Neste artigo o autor discute a criação de narrativas, na contemporaneidade e no contexto do ensino, a histórias pessoais, a meta-narrativas, à intertextualidade, à propriedade e autoria, aos jovens, ao Drama. Como estratégia para entrar no mundo da ficção, apresenta a teoria do estímulo composto e suas formas de uso. Experiências em escolas são descritas e problematizadas a fim de analisar a contribuição desta teoria para o drama, o teatro e a educação.

Biografia do Autor

John Somers, Universidade de Exeter/UK

Membro honorário do Departamento de Drama da Universidade de Exeter/UK. Aposentou-se em 2005 e desde então vem atuando como escritor, professor e orientador em países do Leste Europeu e Ásia. Obteve prêmios com programas de teatro interativos, tais como On the Edge, sobre emergências psicóticas com adolescentes, e pela Aliança Americana de Teatro por sua atuação no ensino de 3º grau. Atuais projetos envolvem site-specific theatre e cinema. Foi editor-fundador da Revista Research in Drama Education (Routledge).

Tradutora: Beatriz Cabral, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Professora doutora do CEART/UDESC

Downloads

Publicado

2011-09-13

Como Citar

SOMERS, J.; CABRAL, T. B. Narrativa, Drama e Estímulo Composto. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 17, p. 175-185, 2011. DOI: 10.5965/1414573102172011175. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102172011175. Acesso em: 26 jul. 2021.