A escrita teatral

Autores

  • Philippe Minyana
  • Tradução: Stephan Arnulf Baumgärtel Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC
  • Tradutor: W. Anthony Alano Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101242015216

Resumo

Três grandes períodos são marcantes no teatro de Philippe Minyana: os anos 1980 com a importância aferida à logorreia, ao maximalismo e ao monólogo; os anos 1990 com a passagem ao minimalismo e o surgimento do fragmento, do segmento; e enfim os anos 2000 com o retorno ao nome próprio e um mergulho no surreal. É toda sua concepção da escrita teatral que é definida pela importância acordada à forma e às possibilidades de mudança de formato da narrativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Philippe Minyana

Philippe Minyana nasceu em 1946, em Besançon (FR). Escreveu mais de trinta obras desde 1979. Ator, diretor e dramaturgo francês com inúmeras obras publicadas e encenadas. Escreve também libretos de ópera.

Tradução: Stephan Arnulf Baumgärtel, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Professor Dr. Associado da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), atuando junto ao Programa de Pós-Graduação em Teatro (PPGT-CEART). 

 

Tradutor: W. Anthony Alano, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Mestrando em Teatro pelo PPGT/CEART-UDESC. Servidor da UDESC.

 

 

Downloads

Publicado

2015-07-31

Como Citar

MINYANA, P.; BAUMGÄRTEL, T. S. A.; ALANO, T. W. A. A escrita teatral. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 24, p. 216 - 223, 2015. DOI: 10.5965/1414573101242015216. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101242015216. Acesso em: 5 out. 2022.