O Salto dos Órfãos: o pós-modernismo sem modernismo da dramaturgia peruana atual

Autores

  • Alfredo Bushby
  • Tradutor: Juliano Borba Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101202013059

Resumo

A dramaturgia peruana moderna se configurou como um movimento inexistente, principalmente pela falta de um “pai” que a introduzisse na modernidade, que a encaminhasse numa continuidade da tradição, que desse aos novos dramaturgos a sensação de possibilidade. No entanto, é precisamente essa “orfandade” que há feito com que a dramaturgia peruana pós-moderna desse um salto quantitativo e qualitativo não visto durante todo o século XX. A falta do “pai” nos tempos em que os patrocínios se desmantelam ou já não interessam, pode ser um impulso antes que um obstáculo. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alfredo Bushby

Estudou literatura na Pontifícia Universidade Católica do Peru e fez pós-graduação em Teatro e Literatura Latino-americana na Universidade de Austin no Texas. Ganhou prêmios como dramaturgo e entre suas obras se destaca História de um Gol Peruano.

Downloads

Publicado

2013-09-13

Como Citar

BUSHBY, A.; BORBA, T. J. O Salto dos Órfãos: o pós-modernismo sem modernismo da dramaturgia peruana atual. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 20, p. 059-078, 2013. DOI: 10.5965/1414573101202013059. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101202013059. Acesso em: 27 set. 2022.