Mitopoese, dramaturgia criativa e o trabalho do ator

Autores

  • Milton de Andrade Leal Junior Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101122009053

Resumo

Neste artigo, procura-se trazer para o âmbito da pesquisa teatral conceitos próprios da psicologia simbólica com o objetivo de esclarecer o papel das funções mitopoéticas em processos criativos e no trabalho do ator. Abre-se campo para reflexões da importância da abordagem mitopoética e das funções psicológicas envoltas no trabalho teatral e na dramaturgia criativa.

Biografia do Autor

Milton de Andrade Leal Junior, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Milton de Andrade é docente do Programa de Pós-Graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), formado em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP), com Mestrado e Doutorado em Artes Cênicas pela Universidade de Bolonha (Itália).

Downloads

Publicado

2018-09-27

Como Citar

LEAL JUNIOR, M. de A. Mitopoese, dramaturgia criativa e o trabalho do ator. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 12, p. 053-060, 2018. DOI: 10.5965/1414573101122009053. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101122009053. Acesso em: 27 out. 2021.