Reflexões sobre a noção de transição na ação do ator

Autores

  • Maria Paula Carvalho Bonilha Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101082006113

Resumo

Este artigo busca a definição da noção de transição como elemento constituinte da ação física do ator. O marco referencial deste estudo define a via física como eixo para o trabalho criativo do ator.

Biografia do Autor

Maria Paula Carvalho Bonilha, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

Atriz, diretora, jornalista e professora da rede pública de Florianópolis, cursa o Programa de Pós-Graduação em Teatro (PPGT) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Downloads

Publicado

2018-09-10

Como Citar

BONILHA, M. P. C. Reflexões sobre a noção de transição na ação do ator. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 8, p. 113-120, 2018. DOI: 10.5965/1414573101082006113. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101082006113. Acesso em: 22 out. 2021.

Edição

Seção

Fluxo Continuo