1
A palhaçaria feminista do
Circo di SóLadies | Nem SóLadies
Entrevista com Kelly Lima, Tatá Oliveira, Verônica Mello
(integrantes do Circo di SóLadies | Nem Só Ladies)
Concedida à Fernanda Dias de Freitas Pimenta
Para citar este artigo:
PIMENTA, Fernanda Dias de Freitas. A palhaçaria
feminista do Circo di SóLadies | Nem SóLadies.
[Entrevista concedida a Fernanda Dias de Freitas
Pimenta].
Urdimento -
Revista de Estudos em Artes
Cênicas, Florianópolis, v.1, n.46, p.1-27, abr. 2023.
DOI: http:/dx.doi.org/10.5965/1414573101462023e0503
A Urdimento esta licenciada com: Licença de Atribuição Creative Commons (CC BY 4.0)
A palhaçaria feminista do Circo di Nem SóLadies
Entrevista concedida a Fernanda Dias de Freitas Pimenta
Florianópolis, v.1, n.46, p.1-27, abr. 2023
2
A palhaçaria feminista do Circo di SóLadies | Nem SóLadies
1
Fernanda Dias de Freitas Pimenta
2
Resumo
O Circo di SóLadies | Nem SóLadies é um grupo de palhaçaria que costuma
trazer, em suas dramaturgias, realidades e temas relativos ao universo das
mulheres, de pessoas não binárias, e daqueles que são considerados corpos
dissidentes, os não privilegiados pelo patriarcado. Se intitulam fazedoras/e de
palhaçaria feminista, preterindo o termo feminina. O grupo discorre sobre
seus trajetos de formação, os paralelos entre palhaçaria e gênero, assim
como suas pesquisas e vivências. O texto é fruto da primeira parte de
entrevista1 realizada com o grupo em outubro de 2021.
Palavras-chave
: Circo di SóLadies | Nem SóLadies. Feminismos. Palhaçaria
feminista. Estudos de gênero.
The feminist clowning of the Circo di SóLadies | Nem SóLadies
Abstract
Circo di SóLadies | Nem SóLadies is a group of clowns that usually bring, in
their dramaturgies, realities and themes related to the universe of women,
non-binary people, and those who are considered dissident bodies, those note
privileged by the patriarchy. They call themselves feminist clowning makers,
neglecting the term feminine. The group discusses their training paths, the
parallels between clowning and gender, as well as their research and
experiences. The text is the result of the first part of an interview with the
group in October 2021.
Keywords
: Circo di SóLadies | Nem SóLadies. Feminisms. Feminist clowning.
Gender studies.
1
A entrevista na íntegra está disponível no link: https://youtu.be/eM0L9QLc5ww
2
Doutorado em Artes Cênicas, pela Universidade de Brasília (UnB). Mestrado em Artes da Cena, pela
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Graduação em Direito, pela Pontifícia Universidade Católica
de Goiás (PUC Goiás). freitasfefe@yahoo.com.br
http://lattes.cnpq.br/1867774120856758 https://orcid.org/0000-0002-1311-4176
A palhaçaria feminista do Circo di Nem SóLadies
Entrevista concedida a Fernanda Dias de Freitas Pimenta
Florianópolis, v.1, n.46, p.1-27, abr. 2023
3
La payasada feminista del Circo di SóLadies | Nem SóLadies
Resumen
Circo di SóLadies | Nem SóLadies es un grupo de clowns que suele traer, en
sus dramaturgias, realidades y temas relacionados con el universo de las
mujeres, las personas no binarias y las que son consideradas cuerpos
disidentes, no privilegiados por el patriarcado. Se autodenominan payaseras
feministas, dejando de lado el término femenino. El grupo discute sus
caminos de formación, los paralelismos entre el clown y el género, así como
sus investigaciones y experiencias. El texto es el resultado de la primera parte
de una entrevista con el grupo en octubre de 2021.
Palabras clave
: Circo di SóLadies | Nem SóLadies. Feminismos. Payasadas
feministas. Estudios de género.
A palhaçaria feminista do Circo di Nem SóLadies
Entrevista concedida a Fernanda Dias de Freitas Pimenta
Florianópolis, v.1, n.46, p.1-27, abr. 2023
4
Um dos grupos de palhaçaria mais atuantes no Brasil é o Circo di
SóLadies | Nem SóLadies
3
, de São Paulo. O grupo
4
é conhecido no meio da
palhaçaria por desenvolver espetáculos, cenas e vídeos, com temáticas que
abordam dramaturgias feministas. São criações que questionam e refletem sobre
as condições de vida de mulheres e os demais oprimidos pelo patriarcado vigente.
O grupo concedeu a entrevista de maneira
online
, em outubro de 2021.
O Circo di SóLadies | Nem SóLadies se intitula um grupo de palhaçaria
feminista, mesmo sabendo que o termo pode gerar preconceitos em ambientes
conservadores. Consideram que a palhaçaria feminista é um meio de exercer
questionamentos, pois busca cobrar e pressionar a equidade entre gêneros. A
hegemônica palhaçaria masculina por vezes apresenta dramaturgias que não
condizem com a ideia de equidade de gênero, principalmente números da
palhaçaria clássica, também chamada de tradicional.
Como relatou a palhaça Karla Concá em relação à algumas palhaçarias
masculinas (Brum, 2018, p.461):
A mulher que está assistindo, muitas vezes, se sente violentada, por
que as gags são sempre batendo, são sempre com um porrete batendo
na mulher, ou correndo atrás da mulher, sempre colocando a mulher em
uma situação de inferioridade, sexualização e submissão.
Na esteira de uma dramaturgia própria e que explicitasse seu posicionamento
3
O Circo di SóLadies | Nem SóLadies, que completa 10 anos em 2023, é um grupo formado por artistas que
pesquisam a linguagem cômica na cena teatral, circense e audiovisual. O grupo foi criado em 2013 partindo
da percepção de que havia ainda um pequeno espaço dado à mulher nas artes cênicas em se tratando de
comicidade e linguagem da palhaçaria. Desde o início da formação do grupo, trabalham com criação de
esquetes, intervenções cênicas e espetáculos com dramaturgia própria, utilizando o jogo cênico, o improviso
e estudos teóricos sobre o feminismo, como elementos fundamentais para a conexão e interação com o
público, estimulando imaginação para a conquista do estado da graça e do riso. O grupo criou, em 2017,
um canal no
YouTube
, se aprofundando na linguagem audiovisual e conta com um repertório de espetáculos
e intervenções, entre eles: o infantil "
Estupendo Circo di SóLadies
", que circulou pelo Circuito SESC de Artes
2019 e no Itaú Cultural; o infanto/juvenil "
Choque-Rosa
", com direção de Luciana Viacava, e circulou na
Mostra Sesc Cariri de Culturas 2018-Ceará, o espetáculo "
A Tenda
", dirigido por Karla Concá, do Grupo As
Marias da Graça (RJ). Em 2021 o grupo foi contemplado pelo Fomento ao Circo com o projeto "
Des.Cantadas
o Show
", e estrearam em setembro de 2022 o espetáculo/
show
musical Concerto em Cores com direção
de Tereza Gontijo.” Texto disponível no site do Circo di SóLadies | Nem SóLadies, no seguinte
link
:
https://circodisoladies.com.br/ Acesso em: 29 dez. 2022.
4
O grupo Circo di SóLadies | Nem SóLadies antes se chamava apenas Circo di SóLadies. A mudança no nome
se deu em decorrência do reconhecimento identitário de Tatá, que a partir de 2021 passou a se reconhecer
como pessoa não binária. Por isso, por vezes elas/ile ainda dizem, inclusive durante a entrevista, apenas
Circo di SóLadies.