1
Improvisação como lugar de descoberta e reinvenção em
tempos de pandemia
Entrevista com Dudude Herrmann
Concedida à Marcílio de Souza Vieira
Para citar este artigo:
HERRMANN, Dudude; VIEIRA, Marcílio de Souza.
Improvisação como lugar de descoberta e reinvenção em
tempos de pandemia. [Entrevista concedida a Marcílio de
Souza Vieira].
Urdimento -
Revista de Estudos em Artes
Cênicas, Florianópolis, v.2, n.44, p.1-12, set. 2022.
DOI: http:/dx.doi.org/10.5965/1414573102442022e0502
A Urdimento esta licenciada com: Licença de Atribuição Creative Commons (CC BY 4.0)
Improvisação como lugar de descoberta e reinvenção em tempos de pandemia
Marcílio de Souza Vieira
Florianópolis, v.2, n.44, p.1-12, set. 2022
2
Improvisação como lugar de descoberta e reinvenção em tempos
de pandemia
Marcílio de Souza Vieira
1
Resumo
Nesta entrevista a improvisadora mineira Dudude Herrman fala sobre
improvisação, sobre o projeto Decanto de Dança e improvisar para a tela. A
entrevista foi feita com a artista via WhatsApp, uma vez que ainda estavámos
vivenciando a pandemia do Covid-19. Teve por objetivo compreender como a
artista e pesquisadora Herrmann compreende a improvisação e como esta
foi acionada para a tela. A artista nos dá pistas valiosas nesta entrevista para
entender sua relação com a improvisação.
Palavras-chave
: Improvisação. Dança. Relações. Improvisação para a tela.
Improvisation as a place of discovery and reinvention in times of
pandemic
Abstract
In this interview, improviser from Minas Gerais Dudude Herrman talks about
improvisation, about the Decanto de Dança project and improvising for the
screen. The interview was done with the artist via WhatsApp, as we are still
experiencing the Covid-19 pandemic. It aimed to understand how the artist
and researcher Herrmann understands improvisation and how it was used on
canvas. The artist gives us valuable clues in this interview to understand her
relationship with improvisation.
Keywords
: Improvisation. Dance. Relations. Improvisation for the screen.
1
Pós-Doutor em Artes (UNESP “Júlio Mesquita Filho”). Doutor em Educação (FRN), Professor do Curso de
Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e dos Programas de Pós-Graduação em Artes
Cênicas (PPGArc) e Pós-Graduação em Ensino de Artes (PROFARTES) da UFRN.
marciliov26@hotmail.com
http://lattes.cnpq.br/7003467659704271 https://orcid.org/0000-0002-2034-0796
Improvisação como lugar de descoberta e reinvenção em tempos de pandemia
Marcílio de Souza Vieira
Florianópolis, v.2, n.44, p.1-12, set. 2022
3
La improvisación como lugar de descubrimiento y reinvención en
tiempos de pandemia
Resumen
En esta entrevista, el improvisador de Minas Gerais Dudude Herrman habla
de improvisación, del proyecto Decanto de Dança y de la improvisación para
la pantalla. La entrevista se la hizo a la artista vía WhatsApp, ya que aún
estamos viviendo la pandemia del Covid-19. Tuvo como objetivo comprender
cómo el artista e investigador Herrmann entiende la improvisación y cómo se
utilizó en el lienzo. La artista nos da valiosas pistas en esta entrevista para
entender su relación con la improvisación.
Palabras clave
: Improvisación. Danza. Relaciones. Improvisación para la
pantalla.
Entrevista com Dudude Herrmann
Improvisação como lugar de descoberta e reinvenção em tempos de pandemia
Marcílio de Souza Vieira
Florianópolis, v.2, n.44, p.1-12, set. 2022
4
Artista de dança e derivantes, Dudude Herrmann começou a se envolver com
o movimento nos idos dos anos de 1970 na escola de dança de Marilene Martins
que foi sua professora por mais de 14 anos. Tornou-se bailarina, diretora,
professora pela prática. Para a artista e pesquisadora do corpo e da dança, o
terreno da improvisação é a permanência, é a insistência, são as probabilidades,
são as possibilidades daquele instante no aqui e agora; ainda bem que a
improvisação não tem uma forma definida porque não é essa a questão, a grande
questão é a conexão arte e vida entre presentificar-se, viver a ação do tempo
agora. Para a artista mineira, o principal ingrediente de fazer a arte seja ela
presencial ou numa tela é a liberdade.
Figura 1 - Pioneira da dança contemporânea no país, mineira celebra 40 anos de carreira
com livro e eventos. Foto: Samuel Aguiar
2
Quem é Dudude Herrmann?
2
Fonte: https://www.otempo.com.br/pampulha/estilo/dudude-herrmann-1.3832