Religião católica, evangélica e afro-brasileira em disputa eleitoral: acionamento de elementos religiosos na campanha à Assembleia Legislativa do Paraná

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180311262019456

Resumo

Neste artigo, discutimos a campanha eleitoral de 26 candidatos, identificados como agentes religiosos por ocasião da eleição à Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), em 2014. A abordagem se dá no sentido de inventariar e compreender as evocações da religião, bem como de evidenciar elementos e relações que vêm se mostrando recorrentes na política paranaense e que poderão estar presentes nos próximos pleitos. As fontes, que compreendem os materiais de campanha divulgados pelos candidatos, compostos por flyers, santinhos, jingles, entrevistas, vídeos, entre outros, foram coletadas durante o período de campanha. Na análise e sistematização do material empírico, são construídos três eixos de análise que permitem compreender as formas de operacionalização mútua entre religião e política no tempo da eleição: intensidade, estilo e forma de acionamento religioso na campanha eleitoral. Os resultados evidenciam elementos comuns às campanhas eleitorais de agentes religiosos, que podem ser úteis para balizar novas análises, e contribuem para a compreensão das relações entre política e religião no cenário paranaense, na medida em que identificam os sujeitos envolvidos, evidenciam as estratégias e alianças entre diferentes partidos políticos e grupos sociais.

Palavras-chave: Eleições – Paraná. Deputados Estaduais – Eleições – Paraná. Campanha Eleitoral – Paraná. Religião e Política. Candidatos Políticos.

Biografia do Autor

Frank Antonio Mezzomo, Universidade Estadual do Paraná, câmpus de Campo Mourão

Doutor em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor do Mestrado Profissional em Ensino de História (ProfHist) e do Programa Interdisciplinar Sociedade e Desenvolvimento (PPGSeD). Editor da Revista NUPEM.

Cristina Satiê de Oliveira Pátaro, Universidade Estadual do Paraná, câmpus de Campo Mourão.

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo. Professora do Mestrado Profisional em Ensino de História (ProfHistória) e do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar Sociedade e Desenvolvimento (PPGSeD).

Referências

ALMEIDA, Ronaldo. A onda quebrada - evangélicos e conservadorismo. Cadernos Pagu, Campinas, n. 50, p. 1-27, 2017.

BANDINI, Claudirene. Religião e política: a participação política dos pentecostais nas eleições de 2002. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2004.

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2007.

CARVALHO JUNIOR, Erico Tavares de; ORO, Ari Pedro. Eleições municipais 2016: religião e política nas capitais brasileiras. Debates do NER, Porto Alegre, ano 18, n. 32, p. 15-68, jul./dez., 2017.

CERVI, Emerson Urizzi. O “Tempo da política” e a distribuição de recursos partidários: uma análise do HGPE. Revista em debate, Belo Horizonte, v. 2, n. 8, p. 12-17, 2010.

GIUMBELLI, Emerson. O acordo Brasil-Santa Sé e as relações entre estado, sociedade e religião. Ciencias Sociales y Religión, Porto Alegre, ano 13, n. 14, p. 119-143, set., 2011.

GIUMBELLI, Emerson. O fim da religião: dilemas da liberdade religiosa no Brasil e na França. São Paulo: Attar: CNPq/Pronex, 2002.

IBGE. Censo 2010. Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: <https://censo2010.ibge.gov.br/>. Acesso em: 14 ago. 2018.

IBGE-Cidades. Brasil em síntese. Rio de janeiro, 2018. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/. Acesso em: 14 ago. 2018.

MACHADO, Maria das Dores Campos. Política e religião: a participação dos evangélicos nas eleições. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

MARIANO, Ricardo. Laicidade à brasileira: católicos, pentecostais e laicos em disputa na esfera pública. Civitas, Porto Alegre, v. 11, n. 2, p. 238-258, maio/ago., 2011.

MIRANDA, Julia. O candidato da igreja: do que nos fala a sua presença na política brasileira. In: LEMENHE, Maria Auxiliadora; CARVALHO, Rejane Vasconcelos Accioly. Política, cultura e processos eleitorais. Rio de Janeiro: Konrad Adenauer Stiftung, 2006, p. 149-170.

ORO, Ari Pedro. Religião e política nas eleições 2000 em Porto Alegre. Debates do NER, Porto Alegre, ano 2, n. 3, 2001.

ORO, Ari Pedro. A política da Igreja Universal e seus reflexos nos campos religioso e político brasileiros. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 18, n. 53, p. 53-69, 2003.

ORO, Ari Pedro; CARVALHO JUNIOR, Erico Tavares. Eleições gerais de 2014: religião e política no Rio Grande do Sul. Debates do NER, Porto Alegre, v. 27, p. 145-171, 2015.

ORO, Ari Pedro; MARIANO, Ricardo. Eleições 2010: religião e política no Rio Grande do Sul e no Brasil. Debates do NER, Porto Alegre, ano 10, n. 16, p. 9-34, jul./dez., 2009.

PALMEIRA, Moacir. Política e tempo: nota exploratória. In: PEIRANO, Mariza. (Org.). O dito e o feito: ensaios de antropologia dos rituais. Rio de Janeiro: Ed. Relume Dumará, 2002, p. 171-177.

PROCÓPIO, Carlos Eduardo. Perto da religião, perto da política: a participação do catolicismo carismático através da instituição, candidaturas e mídia nas eleições de 2010. Tese (Doutorado em Ciências Sociais). Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2014.

RCC/BRASIL. Fé e política: conceitos e abordagens. Canas: RCC/BRASIL, 2016.

RCC/PR. Projeto de acompanhamento dos vocacionados da RCC nas eleições 2014 para deputado estadual e federal. Curitiba, 2013.

SANCHIS, Pierre. Desencanto e formas contemporâneas do religioso. Ciencias Sociales y Religión, Porto Alegre, año 3, n. 3, p. 27-43, oct., 2001.

SCHOENFELDER, Rosilene; PAZ, Joice Lisa. A Igreja do Evangelho Quadrangular nas eleições de 2006: a disputa pela vaga de deputado federal. Debates do NER, Porto Alegre, ano 7, n. 10, p. 27-37, jul./dez., 2006.

SILVEIRA, Emerson José Sena. Terços, santinhos e versículos: a relação entre católicos carismáticos e a política. Revista de Estudos da Religião, São Paulo, ano 8, p. 54-74, 2008.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL – TSE –. Eleições 2014. Brasília, 2014. Disponível em: http://www.tse.jus.br/eleitor-e-eleicoes/eleicoes/eleicoes-anteriores/eleicoes-2014/eleicoes-2014. Acesso em: 14 ago. 2018.

VITAL DA CUNHA, Christina; LOPES, Paulo Victor Leite; LUI, J. Religião e política: medos sociais, extremismo religioso e as eleições 2014. Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Böll: Instituto de Estudos da Religião, 2017.

Downloads

Publicado

2019-04-15

Como Citar

MEZZOMO, F. A.; PÁTARO, C. S. de O. Religião católica, evangélica e afro-brasileira em disputa eleitoral: acionamento de elementos religiosos na campanha à Assembleia Legislativa do Paraná. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 11, n. 26, p. 456 - 485, 2019. DOI: 10.5965/2175180311262019456. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180311262019456. Acesso em: 24 jul. 2021.