100 anos da revolução russa: ensinamentos da atuação dos anarquistas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180309222017339

Resumo

O presente artigo procura apresentar, nos 100 anos de comemoração da Revolução Russa, uma análise histórica da participação anarquista nos processos pré-revolução e durante os anos de Comunismo de Guerra. Em um segundo momento, a pesquisa busca descrever o principal movimento anarquista durante a Revolução Russa, ou seja, a atuação de Nestor Ivánovitch Makhno e seu Exército Negro na Ucrânia.

 

Palavras-chave: Anarquismo. Revolução Russa 1917. Movimento Makhnovista. Movimentos Sociais.

Biografia do Autor

Isaías Albertin de Moraes, Unesp

Professor Substituto do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Políticas Públicas -  FCHS/Unesp - Campus Franca.Doutorando em Sociologia pela Unesp/Araraquara. Mestre em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro da Universidade Candido Mendes - IUPERJ/UCAM (2014). Especialista em Relações Internacionais pela UnB. (2007). Possui Graduação em Ciências Econômicas (2014) e Comércio Exterior (2010), ambas pela Unisul, e em Comunicação Social pelo Mackenzie (2004).

Fernando Antonio da Costa Vieira, IUPERJ/UCAM


Pós-doutor em Educação pela Universidade Federal Fluminense – UFF. Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política e coordenador do Grupo Movimentos Sociais e Mídia: Embates e Aproximações do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro da Universidade Candido Mendes – IUPERJ/UCAM.

Referências

ANDERSON, Perry. "Prefácio". In: DEUTSCHER, I. Marxismo, guerras e revoluções. São Paulo: Ática, 1991.

ARVON, Henri. A Revolta de Kronstadt. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1984.

AVRICH, Paul. The russian anarchists. Oakland: AK Press, 2005.

AVRICH, Paul. Russian Anarchism and the Civil War. The Russian Review, p.296–306, jul. 1968. Disponível em: <http://sites.bu.edu/revolutionaryrussia/files/ 2013/09/Russian-Arnarchists.pdf>. Acesso em 25 de ago. 2016.

BERKMAN, Alexander; GOLDMAN, Emma. Kronstadt. Piracicaba: Ateneu Diego Giménez, 2011.

CARR, Edward. H. A Revolução Russa de Lenin a Stalin 1917-1929. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

CASTRO, Rômulo de Souza. Nestor Makhno: a crítica à autoridade e ao estatismo na destruição da Revolução Russa. Rio de Janieiro: IFCS - UFRJ: 2014. Disponível em: . Acesso em 10 de nov, 2016.

CHRISTIE, Stuart. Edward heath made me angry. EUA: ChristieBooks., 2004.

DER KISTE, John Van. The romanovs:1818–1959. Londres: Sutton Publishing, 2003.

FEDELI, Ugo. El ejército insurreccional makhnovista en la gran revolución de octubre. Barcelona: Grupos Obreros Autónomos, 1972. Disponível em: <http://www.mil-gac.info/spip.php?page=article_es&id_article=204>. Acesso em 05 de nov. 2016.

FERRO, Marc. O ocidente diante da revolução soviética. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1984.

HOBSBAWM, Eric. A história do marxismo: vol. III: o marxismo na segunda Internacional: segunda parte. Rio de Janeiro, Paz e Terra. v.3, 1984.

HOBSBAWM, Eric J. História do marxismo: vol. VII: o marxismo na época da terceira internacional: a URSS da construção do socialismo ao stalinismo. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1986.

HOBSBAWM, Eric. A era dos extremos. O breve século XX 1914-1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

HOBSBAWM, Eric. Podemos Escrever a História da Revolução Russa? In: Hobsbawm, Eric. Sobre história: ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

JOLL, James. Anarquistas e anarquismo. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1964.

KROPOTKIN, Piotr. Ajuda mútua: um fator de evolução. São Sebastião: Ed: A Senhora, 2009.

LOSURDO, Domenico. Fuga da história? a Revolução Russa e a revolução chinesa vistas de hoje. Rio de Janeiro: Ed. Revan, 2004.

LUXEMBURGO, Rosa. Revolução Russa. Rio de Janeiro: Vozes, 1991.

MAKHNO, Nestor. A revolução contra a revolução. São Paulo: Cortez, 1988.

MAKHNO, Nestor. Anarquia e organização. São Paulo: Luta Libertária, 2001.

READ, Christopher. Lenin. Abingdon: Routledge, 2005.

REED, John. 10 dias que abalaram o mundo. São Paulo: Globo, 1978.

REIS FILHO, Daniel Aarão. Rússia, 1917-1921: os anos vermelhos. São Paulo: Brasiliense, 1983.

REIS FILHO, Daniel Aarão. As revoluções russas e o socialismo soviético. São Paulo: UNESP, 2007a.

REIS FILHO, Daniel Aarão. Uma revolução perdida: a história de socialismo soviético. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2007b.

ROCKER, Rudolf. Os Sovietes traídos pelos bolcheviques. São Paulo: Hedra, 2007.

SKIRDA, Alexandre. Les anarchistes russes, les sovietes et la révolution de 1917. Paris: Éditions de Paris, 2000.

SHTYRBUL, Anatoli. The anarchist movement in siberia in the first quarter of the 20th century. Vol. 1 – 1900-1918 e Vol. 2 – 1918-1925. Omsk: Omsk State Pedagogical University, 1996.

THE NESTOR MAKHNO ARCHIVES. O velho e o novo no anarquismo (resposta ao companheiro Malatesta.) Piotr Arshinov. May 1928. Disponível em: <http://www.nestormakhno.info/portuguese/velho-novo.htm>. Acesso em 25 de junho de 2016.

THE NESTOR MAKHNO ARCHIVES. Makhno e Lênin: um diálogo histórico. Nestor Makhno 1918. Disponível em: <http://www.nestormakhno.info/ portuguese/makhno-lenin.htm>. Acesso em 23 de junho de 2016.

TRAGTENBERG, Maurício. Revolução Russa. São Paulo: UNESP, 2007.

TRAGTENBERG, Maurício. Rosa Luxemburgo e a crítica dos fenômenos burocráticos. In: LOUREIRO, I. M.; VIGEVANI, T. Rosa Luxemburgo: a recusa da alienação. São Paulo: Unesp, 1991.

VOLPI, Franco. O niilismo. São Paulo: Loyola, 1999.

VOLIN. La revolución desconocida. Buenos Aires: Proyección, 1977.

VON LAUE, Theodore H. The Fate of Capitalism in Russia: The Narodnik Version. The American Slavic and East European Review. v. 13, n.1, p.11-28, feb., 1954. Disponível em: <https://www.cambridge.org/core/journals/american-slavic-and-east-european-review/article/fate-of-capitalism-in-russia-the-narodnik-version/C5A1A37703523353CB82D487C2DFD81A> Acesso em 07 de jul. 2017.

WADE, Rex A. The Russian Revolution, 1917. Cambridge: Cambridge University Press, 2005.

WOODCOCK, George. História das idéias e movimentos anarquistas: vol. 2. Porto Alegre: LP&M, 2002.

Downloads

Publicado

2017-12-30

Como Citar

DE MORAES, I. A.; VIEIRA, F. A. da C. 100 anos da revolução russa: ensinamentos da atuação dos anarquistas. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 9, n. 22, p. 339 - 363, 2017. DOI: 10.5965/2175180309222017339. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180309222017339. Acesso em: 3 ago. 2021.