Maria Bueno e suas representações: reflexões teóricas sobre as crenças religiosas no Paraná - século XXI

Autores

  • Vanda Fortuna Serafim universidade Estadual de Maringá
  • Tonia Kio Fuzihara Piccoli Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180308182016411

Resumo

O presente artigo objetiva tecer alguns apontamentos teóricos sobre as crenças religiosas no Paraná, a partir do caso de Maria Bueno, uma santa de cemitério de Curitiba, capital do referido estado, cuja morte ocorreu de forma violenta em finais no século XIX, rendendo-lhe distintas formas de representação e atraindo devotos na atualidade.

 

Palavras-chave: BUENO, Maria; Cemitérios - Curitiba (PR); Fé.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanda Fortuna Serafim, universidade Estadual de Maringá

Possui Graduação em História (2007), Especialização em História das Religiões e Mestrado em História (2010) pela Universidade Estadual de Maringá e Doutorado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É Professora Adjunta na Universidade Estadual de Maringá e docente do Programa de Pós-graduação em História (PPH-UEM). Atua como pesquisadora/docente do Núcleo de Pesquisa em História Religiosa e das Religiões (CNPQ), no Grupo de Trabalho em História das Religiões e das Religiosidades (ANPUH) e no Laboratório de Estudos em Religiões e Religiosidades (UEM). É coordenadora do Núcleo Paraná do Grupo de Trabalho História das Religiões e das Religiosidades (ANPUH). 

Tonia Kio Fuzihara Piccoli, Universidade Estadual de Maringá

Possui Graduação em História (2014) e atualmente é mestranda em História pela Universidade estadual de Maringá. É membro discente do Núcleo de Pesquisa em História Religiosa e das Religiões (CNPQ), do Grupo de Trabalho em História das Religiões e das Religiosidades (ANPUH) e do Laboratório de Estudos em Religiões e Religiosidades (UEM).

Referências

A FEDERAÇÃO. Curitiba: s/ed.: 01.02.1893; 01.02.1893, p. 3; 02.03.1893, p. 2.

A REPÚBLICA. Curitiba: s/ed. 14.07.1893.

ANDRADE, Solange Ramos de. A religiosidade católica e a santidade do mártir. Projeto História, São Paulo, n.37, p. 237-260, dez. 2008. . Disponível em: <http://revistas.pucsp.br/index.php/revph/issue/view/201> Consulta: 31 Jan. 2014.

ANDRADE, Solange Ramos de; SERAFIM, Vanda Fortuna. A religiosidade católica e seus santos: o Cemitério Municipal de Maringá(PR) como espaço de devoção. História Agora. Ano VIII, v.10, 2010. p.103–136. Disponível em: <http://www.historiagora.com/revistas-anteriores/historia-agora-no10/50-dossie/219-a-religiosidade-catolica-e-seus-santos-o-cemiterio-municipal-de-maringa-pr-como-espaco-de-devocao> Consulta: 19 Ago. 2013.

ANDRADE, Solange Ramos de. O culto aos santos: a religiosidade católica e seu hibridismo. Revista Brasileira de História das Religiões. Ano III n. 7, p. 131-145, maio, 2010. Disponível em:< http://www.dhi.uem.br/gtreligiao> Consulta: 23 Mar. 2014.

ANDRADE, Solange Ramos de. Um estudo de religiosidade popular: o santo Menino da Tábua. 1994. Tese (Mestrado em História) - Universidade Estadual Paulista, Assis(SP), 1994.

BANDEIRA, Euclides. Maria Bueno. IN: Cronicas Locaes. Centro de Letras do Paraná. Tip. da Escola de A. Artifices: Curitiba/Paraná, 1941. p. 87-90.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Repensando a pesquisa participante. 2.ed. São Paulo( SP): Brasiliense, 1985.

CAVA, Ralph Della. Milagre em Joaseiro. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano. 3. ed. Trad. Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis(RJ): Vozes, 1998.

CHARTIER, Roger. À beira da falésia: a história entre incertezas e inquietudes. Trad. Patrícia Chittoni Ramos. Porto Alegre(RS): Ed. Universidade/UFRGS, 2002.

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Trad. Maria Manuela Galhardo. Rio de Janeiro(RJ): Bertrand Brasil, 1990.

DIÁRIO DO COMÉRCIO. Curitiba: s/ed. , 30.01.1893. p.8.

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano. 1.ed. São Paulo(SP): Livraria Martins Fontes Editora Ltda, 1992.

FRANCO JÚNIOR, Hilário. Apresentação. In: VARAZZE, Jacopo de. Legenda Áurea: vidas de Santos. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

GAÊTA, Maria Aparecida Junqueira da Veiga. Corpo santo, alma santa: o culto e a devoção à Menina Izildinha em Monte Alto (1950-1997). 1999. Tese (Mestrado em História) –Universidade Estadual Paulista "Júlio Filho de Mesquita" - Franca(SP), 1999.

GRASSI, Clarissa. Um olhar... a arte no silêncio. 1.ed. Curitiba(PR): Editora Clarissa Grassi, 2006.

HERVIEU- LÉGER, Danièle. O peregrino e o convertido: a religião em movimento. Vozes: Petrópolis(RJ), 2008.

JURKEVICS, Vera Irene. Os santos da igreja e os santos do povo: devoções e manifestações de religiosidade popular. Curitiba(PR): Universidade Federal do Paraná, 2004.

KOSTER, Julia Impéria. A construção de uma santidade popular e os direitos da mulher. Âmbito Jurídico. Ano XIV, n. 86, Mar., 2011. Disponível em: <http://www.ambitojuridico.com.br/site/?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=9222&revista_caderno=3> Consultado: 23 Abr. 2014.

LIMA, Andrea de Alvarenga. A saga de Maria Bueno: um retrato da alma de Curitiba. Psicologia Argumento. Ano III, v. 25, n. 49, p. 173–185, abr./jun., 2007. Disponível em: <http://www2.pucpr.br/reol/index.php/pa?dd1=1659&dd99=view> Consulta: 14 Fev. 2014.

OTTO, Rudolf. O Sagrado. São Leopoldo: Sinodal/EST; Petrópolis: Vozes, 2007.

REIS, Martha dos. Iracema, a Santinha de Marília: um estudo sobre a criação de um imaginário popular. 1993. Tese (Mestrado em História) - Universidade Estadual Paulista, Assis(SP), 1993.

PEREIRA, Sebastião Izidoro. Maria Bueno. Curitiba – PR: Editora Gráfica Mundial, 1948.

PEREIRA, José Carlos. Sincretismo religioso e ritos sacrificiais. 1. ed. São Paulo: Zouk, 2004.

PICCOLI, Tonia Kio Fuzihara. Pesquisa e observação participante Cemitério São Francisco de Paula, Curitiba-PR, 02/11/2013.

SANCHIS, Pierre. No mapa das religiões há lugar para a religiosidade? Revista de Ciências Humanas, n.30, jan. p.12-26, 2001. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/revistacfh/article/view/25109/22123>. Consulta: 25 Fev. 2015.

SAEZ, Oscar Calavia. Fantasmas falados: mitos e mortos no campo religioso brasileiro. Campinas(SP): Editora da UNICAMP, 1996.

SANTOS, Conceição Aparecida dos. Como nascem os santos: o caso Maria Bueno. 2010. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós - Graduação em Antropologia Social. Curitiba, 2010.

SMITH, Wilfred Cantwell. La religion comparada: ¿Donde y por que? In: Metologia de la historia de las religiones. Mircea Eiade; Joseph M. Kitagawa (Org). Trad. Saad Chedid e Eduardo Masullo. Buenos Aires: Paidós, 1967. p. 53 – 85.

STOLL, Sandra Jacqueline; SANTOS, Conceição dos; BRAGA, Geslline Giovana; DURANDO, Vanessa. Maria Bueno: Santa de Casa. 22ª ed.. Curitiba: Edição do autor, 2011.

VAUCHEZ, André. Santidade. In: LE GOFF, Jacques (Dir.). Enciclopédia Einaudi. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1987. v.12, p.287-300.

ZALUAR, Alba. Os Homens de Deus. Um estudo dos santos e das festas no catolicismo popular. Rio de Janeiro(RJ): Zahar, 1983.

Downloads

Publicado

2016-12-31

Como Citar

SERAFIM, V. F.; PICCOLI, T. K. F. Maria Bueno e suas representações: reflexões teóricas sobre as crenças religiosas no Paraná - século XXI. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 8, n. 18, p. 411 - 444, 2016. DOI: 10.5965/2175180308182016411. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180308182016411. Acesso em: 28 set. 2022.