Das escritas escolares às escritas de si: análise de cadernos diários de alunas da Educação de Jovens e Adultos - Florianópolis - 2008 <em>DOI: 10.5965/2175180305092013086</em>

Autores

  • Marilane Machado Universidade Federal do Paraná

Resumo

O principal objetivo deste artigo é analisar dois cadernos de escrita diária de estudantes de um núcleo de Educação de Jovens e Adultos do município de Florianópolis no ano de 2008. Neste município, a EJA propõe uma metodologia de ensino baseada em projetos de pesquisa que partem do interesse e da realidade dos estudantes. Os cadernos aqui analisados são instrumentos de avaliação do curso, suportes de relatos elaborados diariamente por estudantes e respondidos por professores, que estabelecem, assim, diálogos através da escrita. Podemos, através deles, refletir sobre como esses instrumentos avaliativos deixam de ser suporte de uma escrita estritamente escolar e passam a ser suportes de uma escrita pessoal, constituinte de identidades e subjetividades, fontes privilegiadas para compreender dois dos principais campos historiográficos relacionados: a História da Cultura Escrita e a História da Educação. No âmbito da História da Cultura Escrita, grande importância se tem dado às escritas cotidianas ou “ordinárias”, que começaram a ser estudadas somente a partir da última década e são fontes privilegiadas para o conhecimento do cotidiano e dos fazeres de pessoas comuns. Numa posição complementar, pode-se pensar a História da Educação também a partir dessas fontes. Neste âmbito, os cadernos expressam a vida cotidiana em salas de aula, as práticas educativas que não constam em documentos oficiais ou livros e manuais didáticos, mas que demonstram como os processos educativos são apreendidos pela ótica do estudante, dando pistas para compreender determinada cultura escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilane Machado, Universidade Federal do Paraná

Doutoranda em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Técnica em Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Downloads

Publicado

2013-05-29

Como Citar

MACHADO, M. Das escritas escolares às escritas de si: análise de cadernos diários de alunas da Educação de Jovens e Adultos - Florianópolis - 2008 <em>DOI: 10.5965/2175180305092013086</em>. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 5, n. 9, p. 86 - 101, 2013. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180305092013086. Acesso em: 23 out. 2021.