As religiões afro-brasileiras no mercado religioso e os ataques das igrejas neopentecostais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180303022011182

Palavras-chave:

religiões afro-brasileiras, candomblé, umbanda, igrejas neopentecostais

Resumo

O objetivo deste artigo é o de discutir acerca da perda de adeptos do conjunto das religiões afro-brasileiras, bem como sobre os ataques sofridos pelo candomblé e umbanda, efetuados principalmente pelas igrejas neopentecostais. A discussão se orientará pela seguinte problemática: quais são as principais fragilidades dasreligiões afro-brasileiras que estão possibilitando a perda de adeptos e os constantes e agressivos ataques dos neopentecostais? Para tanto, se torna necessário na introdução, historicizar e contextualizar a questão religiosa no Brasil, evidenciando o status de religião oficial do catolicismo desde o descobrimento até o advento da República, e seu declínio com a possibilidade instaurada da liberdade e do pluralismo religioso. Para atingir os propósitos deste artigo, esta análise basear-se-á em textos de autores bastante familiarizados com a presente discussão e especialistas em sociologia da religião.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Eduardo Angelin, Federal University of São Carlos

Formado em Ciências Sociais, pela UNESP, mestre em Ciências Sociais pela UFSCar, professsor universitário, doutorando em Sociologia, pelo programa de pós-graduação em sociologia, da UFSCar.

Referências

BRITO, Ênio José da Costa. Agonia de um modelo. In: SOUZA, Beatriz Muniz de; MARTINO, Luís Mauro Sá (orgs.) Sociologia da religião e mudança social: católicos, protestantes e novos movimentos religiosos no Brasil. São Paulo: Paulus, 2004, p. 37-46.

NUNES, Maria José Rosado. O catolicismo sob o escrutínio da modernidade. In: SOUZA, Beatriz Muniz de; MARTINO, Luís Mauro Sá (orgs.) Sociologia da religião e mudança social: católicos, protestantes e novos movimentos religiosos no Brasil. São Paulo: Paulus, 2004, p.22-36.

PIERUCCI, Antônio Flávio. Secularização e declínio do catolicismo. In: SOUZA, Beatriz Muniz de; MARTINO, Luís Mauro Sá (orgs.) Sociologia da religião e mudança social: católicos, protestantes e novos movimentos religiosos no Brasil. São Paulo: Paulus, 2004, p.13-21.

PRANDI, Reginaldo. O Brasil com axé: candomblé e umbanda no mercado religioso. In: Estudos Avançados (18) 52, 2004.

SILVA, Vagner Gonçalves da. Neopentecostalismo e religiões afro-brasileiras: significados do ataque aos símbolos da herança religiosa africana no Brasil contemporâneo. In: Mana. Estudos de Antropologia Social, Rio de Janeiro, Museu Nacional, 13 (1), 2004, pp 207-236.

SIQUEIRA, Sônia Aparecida de. Multiculturalismo e Religiões Afro-brasileiras. O Exemplo do Candomblé. In: Revista de Estudos da religião. São Paulo, PUC, Março, (9), 2009, pp. 36-55. Disponível em: < http://www.pucsp.br/rever/rv1_2009/t_siqueira.pdf>.

Downloads

Publicado

2011-12-07

Como Citar

ANGELIN, Paulo Eduardo. As religiões afro-brasileiras no mercado religioso e os ataques das igrejas neopentecostais. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 3, n. 2, p. 182–191, 2011. DOI: 10.5965/2175180303022011182. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180303022011182. Acesso em: 13 abr. 2024.