Em busca de um estudo eficiente e autônomo: abordagens na música e a integração através do gerenciamento de projeto

Approaches in music and the integration through project management

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2525530406012021e0004

Resumo

A escassez de tempo (característica da contemporaneidade), a dependência em relação ao professor durante o estudo individual e a generalização dos problemas apontam a necessidade de um estudo eficiente e autônomo que se adéque às particularidades do indivíduo. Através de uma revisão da literatura na área da música, podemos verificar que os trabalhos existentes estão voltados, em sua maioria, para problemas específicos, normalmente práticos e técnico-instrumentais. A partir disso, buscamos ofertar aos músicos um caminho para integrar todos os âmbitos do estudo já tratados pelos pesquisadores: a prática deliberada, a organização, o planejamento, a autorregulação, as estratégias e ferramentas. Considerando a construção de teorias por meio da abstração (DEWEY, 1920), nossa proposta se baseia no gerenciamento de projetos ao traduzir para a música as principais práticas de acordo com o Guia PMBOK® (PMI, 2017). Como se trata de uma pesquisa ainda em desenvolvimento, ajustes serão necessários.

Biografia do Autor

Laís Fernandes dos Santos, Universidade Estadual de Maringá

Possui especialização em Educação Musical pelo Centro Universitário Claretiano, assim como Bacharelado em flauta transversal pela Faculdade de Música do Espírito Santo. Atualmente é mestranda em Música pela Universidade Estadual de Maringá (UEM - PMU), membro do grupo de pesquisa Problemas da Interpretação, e tem como foco de pesquisa o estudo musical na preparação para a performance.

Alfeu Rodrigues de Araújo Filho, Universidade Estadual de Maringá

Natural de São Paulo, formado em Bacharel em Música (1989), Mestrado em Artes (1996) e Doutorado em Música (2011) na área de práticas interpretativas - piano - todos realizados na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Em seu mestrado, foi bolsista da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). Atualmente é professor efetivo de piano da Universidade Estadual de Maringá (UEM), assim como professor credenciado no Programa de Pós-Graduação em Música - PMU - da UEM. Dentre as ações administrativas na Universidade Estadual de Maringá, exerceu o cargo de Coordenador do Curso de Artes Cênicas no período de 06/2016 a 06/2019 e , atualmente, é chefe adjunto do Departamento de Música e Artes Cênicas (DMC).

Referências

ALVES, A. S.; MOREIRA, A. L. Análise musical de Regard de l’Onction terrible, de Olivier

Messiaen: contexto, simbologia, forma e performance. Opus, v. 23, n. 1, p. 9-34, 2017.

ISSN 15177017. Disponível em: https://www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/

article/view/432. Acesso em: 21 set. 2020.

ALVES, R.; NODA, L.; CESETTI, D. Estratégias de estudo aplicadas na construção da

performance de seis Études Op.33 de Karol Szymanowski. Vórtex, Curitiba, v. 7, n. 3, p.

-32, 2019. ISSN 2317–9937. Disponível em: http://vortex.unespar.edu.br/alves_noda_

cesetti_v7_n3.pdf. Acesso em: 24 set. 2020.

ARAÚJO, G. A. F. D. Concerto para Violoncelo e Orquestra (1966/67) de José Guerra

Vicente: aspectos históricos e análise técnica-interpretativa. 2016. 233 p. Dissertação

(Mestrado em Música) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2016.

Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/

trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4058542.

Acesso em: 10 nov. 2020.

AUTONOMIA. In: DICIO – Dicionário Online de Português. Porto: 7Graus, 2020.

Disponível em: https://www.dicio.com.br/autonomia/. Acesso em: 27 jul. 2020.

BARROS, L. C. A pesquisa empírica sobre o planejamento da execução instrumental:

uma reflexão crítica do sujeito de um estudo de caso. 2008. 265 p. Tese (Doutorado

em Música) – Universidade Federral do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/13245. Acesso em: 6 nov. 2020.

BARROS, L. C.; CARVALHO, A. R.; BORGES, D. The “Artistic Image” Concept Applied to a

Fugue at the Early Stage of Piano Practice: An Observational Study. Opus, v. 23, n. 3, p.

-22, 2017. ISSN 15177017. Disponível em: https://www.anppom.com.br/revista/index.

php/opus/article/view/opus2017c2301/458. Acesso em: 15 set. 2020.

BOGO, D. Aplicação de conceitos da psicologia cognitiva na construção de

automatismos na leitura musical. Música Hodie, v. 16, n. 1, 2016. ISSN 15177017.

Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/43114. Acesso em: 24 set.

BRAGAGNOLO, B.; GUIGUE, D. Análise da sonoridade em Ressonâncias de Marisa

Rezende: uma abordagem a partir da performance. Opus, v. 23, n. 3, p. 222-253, 2017.

ISSN 15177017. Disponível em: https://www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/

article/view/opus2017c2310. Acesso em: 15 set. 2020.

CARA JARA, M. A. Música contemporánea y estrategias de aprendizaje de una nueva

pieza musical en la clase de piano. Música Hodie, v. 19, 2019. ISSN 15177017. Disponível

em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/52532. Acesso em: 23 set. 2020.

CAREGNATO, C. Memorização, Percepção Musical e Cognição - Oito questionamentos

do dia-a-dia. Vórtex, Curitiba, v. 5, n. 3, p. 1-19, 2017. ISSN 2317–9937. Disponível em:

http://vortex.unespar.edu.br/caregnato_v5_n3.pdf. Acesso em: 25 set. 2020.

CARVALHO, C. S. Elementos da performance musical (EPM) na preparação de

recitais de grupos de flautas doce. 2016. 46 f. Dissertação (Mestrado em Música) –

Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016. Disponível em: https://sucupira.capes.

gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.

jsf?popup=true&id_trabalho=3638200. Acesso em: 11 nov. 2020.

CECONELLO, M. Excerto orquestral para violino do poema sinfônico Don Juan Op.

de Richard Strauss: um estudo técnico-interpretativo. 2013. 131 f. Dissertação

(Mestrado em Música) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.

Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/

trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=92010.

Acesso em: 10 nov. 2020.

CHAFFIN, R.; IMREH, G. A Comparison of Practice and Self-Report as Sources

of Information About the Goals of Expert Practice. Psychology of Music, New

Jersey, v. 29, p. 39-69, 2001. Disponível em: https://www.researchgate.net/

publication/247733317_A_Comparison_of_Practice_and_Self-Report_as_Sources_

of_Information_About_the_Goals_of_Expert_Practice. Acesso em: 11 nov. 2020.

COSTA, M. A. Aprendizagem e transferência de habilidades motoras no ensino

de piano funcional em grupo. Orfeu, v. 3, n. 1, p. 36-53, 2018. ISSN 2525-

Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/

view/1059652525530403012018036. Acesso em: 13 out. 2020.

COSTA, M. A.; HARTMANN, E. Estratégias interpretativas nos oito primeiros compassos

da Sonata op. 2 no 1 para piano de Beethoven – uma análise comparativa de treze

gravações de diferentes épocas. Opus, v. 24, n. 1, p. 50-77, 2018. ISSN 15177017.

Disponível em: https://www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/article/view/

opus2018a2403. Acesso em: 15 set. 2020.

CREMASCHI, A. M. The effect of a practice checklist on practice strategies, practice

self-regulation and achievement of collegiate music majors enrolled in a beginning

class piano course. Research Studies in Music Education, v. 34, n. 2, p. 223-233, 2012.

Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1321103X12464743. Acesso

em: 11 nov. 2020.

DANJAS, K. Canção e Dansa para Contrabaixo e Piano de Radamés Gnattali: estudo

de aspectos técnico-interpretativos. 2008. 67 f. Dissertação (Mestrado em Música) –

Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008. Disponível em: http://hdl.

handle.net/1843/GMMA-7XXLNN. Acesso em: 10 nov. 2020.

DELVIZIO, C. M. Os 12 Estudos para violão de Francisco Mignone: um estudo de caso

sobre a solução de problemas técnicos violonísticos. 2019. 324 p. Tese (Doutorado

em Música) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019. Disponível em: https://

sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/

viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=7843567. Acesso em: 10 nov.

DEWEY, J. How we think. Nova York: D. C. Heath & Co., 1910a.

______. The influence of Darwin on philosophy. [S. l.]: Henry Holt and Company,

b.

______. Democracy and education: an introduction to the philosophy of education. [S.

l.]: Duke Classics, 1916. Edição Kindle. ISBN 978-1-62011-434-6.

______. Reconstruction in philosophy. Nova York: Henry Holt and Company, 1920.

______. Experience and education. Noa York: Simon & Schuster, 1938.

DRAYTON, J. M. A theoretical model for practicing. 2013. 278 p. Tese (Degree of Doctor

of Musical Arts) – University of Miami, Coral Gables, 2013. Disponível em: https://

scholarship.miami.edu/discovery/fulldisplay/alma991031447308602976/01UOML_

INST:ResearchRepository. Acesso em: 11 nov. 2020.

ERICSSON, K. A.; KRAMPE, R. T.; TESCH-ROMER, C. The Role of Deliberate Practice in

the Acquisition of Expert Performance. Psychological Review, v. 100, n. 3, p. 363-406,

Disponível em: https://graphics8.nytimes.com/images/blogs/freakonomics/pdf/

DeliberatePractice(PsychologicalReview).pdf. Acesso em: 21 out. 2020.

FAGUNDES, F. M. L.; RIBEIRO, G. M. A autonomia no Teatro Musical: as percepções

dos participantes sob a perspectiva da Teoria da Autodeterminação. Música Hodie,

v. 16, n. 1, 2016. ISSN 15177017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/

view/42981. Acesso em: 24 set. 2020.

FARIAS BUJES, P. Análise e aplicações do método Milanov para violino. Música Hodie,

v. 16, n. 2, 2017. ISSN 2317-6776. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/

view/45248. Acesso em: 24 set. 2020.

FIAMINGHI, L. H.; MÜLLER, R. Ambiguidade métrica no Presto da Sonata para violino

solo BWV 1001 de J. S. Bach: apontamentos para uma performance historicamente

informada. Opus, v. 23, n. 2, p. 179-196, 2017. ISSN 15177017. Disponível em: https://

www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/article/view/484. Acesso em: 15 set.

FRAGA, V. D. S. Estudo interpretativo sobre a fantasia sul américa para clarineta solo de

Cláudio Santoro. 2008. 123 f. Dissertação (Mestrado em Excução Musical – Clarineta)

– Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2008. Disponível em: http://repositorio.

ufba.br/ri/handle/ri/5625. Acesso em: 10 nov. 2020.

FREIRE, R. D. Como será que eu afino? A relação entre sistemas de afinação e

parâmetros de afinação na performance musical. Música Hodie, v. 16, n. 2, 2017. ISSN

-6776. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/45333. Acesso

em: 24 set. 2020.

GARCIA, P. A. J. Primeira Sonata-fantasia, désespérance, para violino e piano de

Heitor Villa-Lobos: estratégias de estudo para violinista. 2015. 68 f. Dissertação

(Mestrado em Música) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre,

Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/

trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3008710.

Acesso em: 11 nov. 2020.

GLASER, S. R. Processos de ensino e aprendizagem da performance pianística: um

ensaio sob a perspectiva do princípio de continuidade de John Dewey. Revista da

Abem, v. 26, n. 41, p. 98-114, 2018. Disponível em: http://www.abemeducacaomusical.

com.br/revistas/revistaabem/index.php/revistaabem/article/view/788. Acesso em: 11

nov. 2020.

GOMES, L. F. Na Baixa do Sapateiro (Bahia) de Ary Barroso na interpretação de John

Coltrane: a utilização da composição como veículo para a improvisação no jazz

modal. Orfeu, v. 1, n. 2 (2016), p. 44-59, 2017. ISSN 2525-5304. Disponível em: https://

www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/1059652525530401022016044.

Acesso em: 14 out. 2020.

HALLAM, S. et al. The development of practising strategies in young people.

Psychology of Music, v. 4, n. 5, p. 652-680, 2012. Disponível em: https://journals.

sagepub.com/doi/10.1177/0305735612443868. Acesso em: 11 nov. 2020.

HALLAM, S.; CREECH, A.; VARVARIGOU, M. Are there differences in practicing and

motivation between beginners playing different musical instruments? Orfeu, v. 3, n. 1,

p. 54-84, 2018. ISSN 2525-5304. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.

php/orfeu/article/view/1059652525530403012018054. Acesso em: 13 out. 2020.

HAMOND, L.; ADDESSI, A. R. Perspectivas de alunos de Bacharelado em Piano quanto

ao uso do software MIROR- Impro para desenvolvimento de improvisação. Orfeu, v.

, n. 2, p. 79-103, 2019. ISSN 2525-5304. Disponível em: https://www.revistas.udesc.

br/index.php/orfeu/article/view/1059652525530404022019079. Acesso em: 13 out.

HODGSON, D.; CICMIL, S. Are projects real? The PMBOK and the legitimation of

project management knowledge. In: HODGSON, D. C. S. Making Projects Critical.

Basingstoke: Palgrave, 2006. Cap. 1.

KIMACHI, R. Cronograma de estudos diários para flautistas: otimizando o tempo de

estudo. In: DALDEGAN, V.; D’ÁVILA, R. C. Pattapios: coletânea comemorativa aos 20

anos da Associação Brasileira de Flautistas. Curitiba: Antigoa Typographia; ABRAF,

p. 219-227.

MACEDO, P. L. D. S. A preparação para performance de livre improvisação no

contrabaixo. 2016. 86 f. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade

Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, São Paulo, 2016. Disponível em: https://

sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/

viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3693447. Acesso em: 10 nov.

MANTOVANI, M. R.; SANTOS, R. A. T. D. Categorias Psicossensoriais da prática

pianística em diferentes níveis de expertise: perspectivas de deliberação. Opus, v. 24, n.

, p. 26-54, 2018. ISSN 15177017. Disponível em: https://www.anppom.com.br/revista/

index.php/opus/article/view/opus2018c2402. Acesso em: 15 set. 2020.

MELLO, F. M. D. Preparação para performance de música de câmara com violão: o uso

do corpo no repertório com técnicas estendidas. 2015. 93 f. Dissertação (Mestrado

em Música) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, São Paulo, 2015.

Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/

trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2857688.

Acesso em: 10 nov. 2020.

MEZZADRI, D. Spider Log: criação de um sistema entrelaçado de estudo com

representação visual de progresso. In: FESTIVAL INTERNACIONAL DE FLAUTISTAS, 14.,

São Paulo. Anais [...]. São Paulo: Associação Brasileira de Flautistas, 7 a 10 set. 2017. p.

-29.

NUNES, M.; ALÍPIO, A. O processo de digitação ao violão para o Prelúdio BWV 997 de

Johann Sebastian Bach. Música Hodie, v. 16, n. 2, 2017. ISSN 2317-6776. Disponível em:

https://revistas.ufg.br/musica/article/view/45310. Acesso em: 24 set. 2020.

OLIVEIRA, J. Z. D. Reflexões sobre a importância da prática deliberada para otimização

da performance musical do clarinetista. 2019. 95 f. Dissertação (Mestrado Profissional

em Música) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019. Disponível em: https://

sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/

viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8041016. Acesso em: 11 nov.

PALOPOLI, C. O. Estudo comparativo entre edições da Sequenza I para flauta solo

de Luciano Berio: subsídios para compreensão e interpretação da obra. 2013. 182

f. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/

trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=617803.

Acesso em: 10 nov. 2020.

PICCOLI, L. F. Aprendizagem musical e prática individual: um estudo de caso e o

esboço de um modelo próprio de engajamento pessoal. 2016. 95 f. Dissertação

(Mestrado em Música) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.

Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/

trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5067558.

Acesso em: 11 nov. 2020.

PILATTI, G. Improviso no 3 para Flauta Solo de Camargo Guarnieri: desconstrução

da obra a partir dos elementos rítmicos e melódicos como processo auxiliar na

performance musical. 2008. 141 f. Dissertação (Mestrado em Execução Musical) –

Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2008. Disponível em: https://repositorio.ufba.

br/ri/bitstream/ri/9111/1/Dissertacao%20Giampiero%20Pilatti.pdf. Acesso em: 10 nov.

PMBOK® Guide 6a Edição Explicado com Ricardo Vargas! [S. l.: s. n.], 2017. 1 vídeo (49

min). Publicado pelo canal Ricardo Vargas. Disponível em: https://www.youtube.com/

watch?v=rvDnS_wWwJs. Acesso em: 11 nov. 2020.

PMI, P. M. I. Um guia do conhecimento em gerenciamento de projetos (Guia PMBOK®).

ed. Newtown Square: [s. n.], 2017. ISBN 9781628253924.

______. The standard for organizational project management (OPM). Newtown

Square: [s. n.], 2018. ISBN 9781628255560.

PONTES, L. Sugestões para a preparação de excertos orquestrais do romantismo para

viola. Música Hodie, v. 16, n. 2, 2017. ISSN 2317-6776. Disponível em: https://revistas.

ufg.br/musica/article/view/45273. Acesso em: 24 set. 2020.

PÓVOAS, M. B. C. Desempenho pianístico e organização do estudo através do Rodízio:

um sistema de treinamento baseado na distribuição e variabilidade da prática. Opus, v.

, n. 1, p. 187-204, 2017. ISSN 15177017. Disponível em: https://www.anppom.com.br/

revista/index.php/opus/article/view/440/412. Acesso em: 21 set. 2020.

QUINTERIO, L. Estratégias para a rotina de estudo do violonista: uma perspectiva

baseada na aprendizagem autorregulada. 2017. 116 f. Dissertação (Mestrado em

Música) – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo,

Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27158/tde-26022018-

/publico/Dissert_Leandro_corrigida_FINAL.pdf. Acesso em: 21 out. 2020.

RAY, S. Prática e didática da música de câmara. Orfeu, v. 4, n. 1, p. 151-165, 11 set.

ISSN 2525-5304. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/

article/view/1059652525530404012019151. Acesso em: 13 out. 2020.

RODRIGUES, J. M. B. Audições orquestrais para flauta no Brasil: um estudo

sobre estratégias de preparação. 2015. 75 f. Dissertação (Mestrado em Música) –

Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2015. Disponível em: https://

sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/

viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2596110. Acesso em: 11 nov.

RODRIGUES, R.; SANTOS, R. A. T. D. Discernment of shades of sadness in Guarnieri’s

Ponteios. Per Musi, n. 38, 14, 2018. ISSN 2317-6377. Disponível em: https://periodicos.

ufmg.br/index.php/permusi/article/view/5227. Acesso em: 10 set. 2020.

ROOIJ, S. W. V. Scaffolding Project-based learning with the project management body

of knowledge (PMBOK). Computers & Education, Elsevier, v. 52, p. 210-219, 2009.

ROSA, R. M.; BARREIRO, D. L. O processo de elaboração de uma concepção

interpretativa de Tetragrammaton XIII, de Roberto Victorio: aguçamento da escuta

em interação com a análise de gravações da obra. Vórtex, Curitiba, v. 7, n. 1, p. 1-35,

ISSN 2317–9937. Disponível em: http://vortex.unespar.edu.br/rosa_barreiro_v7_

n1.pdf. Acesso em: 25 set. 2020.

RUBIO, M. C.; FALLEIROS, M.; FORNARI, J. La libre improvisación en la Escuelalibre de

Música CIDDIC-UNICAMP. Propuesta metodológica para la adquisición de habilidades,

capacidades y actitudes dentro del ensemble de saxofones. Vórtex, Curitiba, v. 7, n.

, p. 1-18, 2019. ISSN 2317–9937. Disponível em: http://vortex.unespar.edu.br/rubio_

falleiros_fornari_v7_n2.pdf. Acesso em: 24 set. 2020.

SBAFFI, E. Concerto per Violoncello Obligato con Violini e Basso Dell Sigre Antonio

Pollicarppi: Authorship, Analysis and Interpretation of the DKmu 7501.2432

Manuscript. Per Musi, n. 36, 5, 2018. ISSN 2317-6377. Disponível em: https://periodicos.

ufmg.br/index.php/permusi/article/view/5189. Acesso em: 11 set. 2020.

SILVA, L. P. D. C. E.; PÁSCOA, L. V. B. Uma abordagem iconográfica musical da obra O

Violeiro de Almeida Júnior. Música Hodie, v. 18, n. 2, p. 245-253, 2018. ISSN 15177017.

Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/51675. Acesso em: 23 set.

SILVA, R. C. L. Ensino e aprendizagem de improvisação em um curso superior de

Música. 2013. 193 f. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Federal de

Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.

br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.

jsf?popup=true&id_trabalho=151955. Acesso em: 10 nov. 2020.

SINICO, A.; GERLING, C. C. Prélude à l’après-midi d’un faune by Claude Debussy. Per

Musi, n. 37, 2018. ISSN 2317-6377. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.

php/permusi/article/view/5280. Acesso em: 10 set. 2020.

SOARES, N. N.; GERLING, C. C. Sonata para piano n. 1 de Francisco Mignone: uma

comparação de performances. Orfeu, v. 3, n. 2, p. 261-294, 2018. ISSN 2525-

Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/

view/1059652525530403022018261. Acesso em: 13 out. 2020.

SOLLERO, P. A. O cuidado de si e a preparação para improvisação musical livre. Orfeu,

v. 1, n. 2 (2016), p. 79-95, 2017. ISSN 2525-5304. Disponível em: https://www.revistas.

udesc.br/index.php/orfeu/article/view/1059652525530401022016079. Acesso em: 14

out. 2020.

SOUZA, I. V. L. D. O Preludio n. 1 para piano de Eunice Katunda “à maneira popular”.

Orfeu, 2017, v. 2, n. 1, p. 226-242. ISSN 2525-5304. Disponível em: https://www.

revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/1059652525530402012017226. Acesso

em: 14 out. 2020.

SOUZA, M. R. D. Guerra-Peixe’s Symphony No. 2 Brasília (Part 2). Per Musi, n. 38, 2018.

ISSN 2317-6377. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/permusi/article/

view/5243. Acesso em: 10 set. 2020.

VALENTE, K. T.; PRESGRAVE, F. S.; MELLO FILHO, S. F. D. Abordagens de estudo e

performance da obra Responsório ao Vento para violoncelo solo de Silvio Ferraz.

Música Hodie, v. 16, n. 2, 2017. ISSN 15177017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/

musica/article/view/45213. Acesso em: 24 set. 2020.

VARGAS, R. V. A New Approach to PMBOK® Guide 2000. PMI Global Congress North

America. Neshville, USA: [s. n.], 2001. p. 215-226.

______. Fluxo de Processos do PMBOK Guide®. 6. ed. [S. l.: s. n.], 2017. Disponível em:

http://rvarg.as/pmbok6. Acesso em: 12 nov. 2020.

VELOSO, F. D. D.; ARAÚJO, R. C. D. A aprendizagem da performance musical na visão

sociocognitiva: aportes da Abordagem Multidimensional da Autorregulação. Opus, v.

, n. 3, p. 133-157, 2019. ISSN 15177017. Disponível em: https://www.anppom.com.br/

revista/index.php/opus/article/view/opus2019c2507. Acesso em: 14 set. 2020.

VETROMILLA, C.; GABRIEL, F. Uma análise da prática diária de Pacho Flores:

aquecimentos e estudos técnicos para trompete. Orfeu, v. 4, n. 2, p. 224-241, 2019.

ISSN 2525-5304. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/

article/view/1059652525530404022019224. Acesso em: 13 out. 2020.

ZIMBRES, P. Pianistas ou Pianeiros: duas interpretações do tango Fon Fon de Ernesto

Nazareth. Orfeu, v. 4, n. 2, p. 169-189, 2019. ISSN 2525-5304. Disponível em: https://

www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/1059652525530404022019169.

Acesso em: 13 out. 2020.

ZWIKAEL, O. The relative importance od the PMBOK Guide’s nine knowledge areas

during project planning. Project Management Journal, v. 40, n. 4, p. 94-103, 2009.

Downloads

Publicado

2021-06-17

Como Citar

Fernandes dos Santos, L., & Rodrigues de Araújo Filho, A. (2021). Em busca de um estudo eficiente e autônomo: abordagens na música e a integração através do gerenciamento de projeto: Approaches in music and the integration through project management. Orfeu, 6(1). https://doi.org/10.5965/2525530406012021e0004