[1]
T. F. M. de Souza, D. K. Ramos, e D. M. Cruz, “Jogos eletrônicos e currículo: novos espaços e formas de aprender”, LNH, vol. 14, nº 27, p. 179 - 200, dez. 2013.