[1]
R. H. Nagase e M. L. N. de Azevedo, “Política de avaliação e performatividade: gerencialismo, biopoder e controle social”, LNH, vol. 22, nº 48, p. 248 - 266, abr. 2021.