[1]
Ribeiro, C.M. e Araújo, A.F. 2016. Imaginário das águas especulares: potencializando significados. Revista Linhas. 17, 34 (maio 2016), 132 - 148.