Padrão neoliberal de acumulação, ideologia e mercantilização da educação superior

Autores

  • Epitácio Macário

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984723822492021014

Resumo

O artigo trata das relações existentes entre padrão de acumulação de capital, ideologia e mercantilização da educação superior. Parte do conceito de ideologia, utilizando-se do projeto de universidade elaborado pelo Sindicato Nacional dos Docentes de Instituições de Ensino Superior – Andes-SN, e discute a mercantilização como impulso inerente à reprodução ampliada do capital, para, depois, apresentar o quadro de mercantilização e privatização em que se encontra a educação superior num momento de crise do padrão neoliberal de acumulação de capital. Ao final, apresenta desafios com os quais o projeto do Andes-SN se depara e aponta para a necessária unificação das diversas lutas realizadas pelas comunidades acadêmicas – pautas corporativas e identitárias – com as demais forças sociais que personificam o trabalho. O projeto defendido pelo Andes-SN só pode avançar se assumido na práxis das forças do trabalho, pois essa luta dirige-se a um horizonte que pressupõe transformações estruturais da sociedade brasileira.

Downloads

Publicado

2021-07-21

Como Citar

MACÁRIO, E. . Padrão neoliberal de acumulação, ideologia e mercantilização da educação superior. Revista Linhas, Florianópolis, v. 22, n. 49, p. 14 - 49, 2021. DOI: 10.5965/1984723822492021014. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/20674. Acesso em: 30 nov. 2021.