Objetos de aprendizagem: um panorama da produção acadêmica nacional

Autores

  • Ketilin Mayra Pedro Docente do Centro de Ciências Humanas da Universidade do Sagrado Coração. Bauru/SP.
  • Dariel Carvalho Docente do Centro de Ciências Humanas da Universidade do Sagrado Coração. Bauru/SP

Resumo

Os estudantes das novas gerações que frequentam as instituições escolares podem ser considerados nativos digitais, pois nasceram em uma era digital e desde a infância interagem com recursos tecnológicos variados. Nesta perspectiva, faz-se necessário buscar conhecimentos e estratégias pedagógicas para a incorporação de recursos tecnológicos, como os Objetos de Aprendizagem (OA) no contexto educacional. Este estudo teve por objetivo realizar uma revisão de literatura, considerando dissertações e teses, sobre OA, com o intuito de identificar as principais temáticas abordadas nas produções, o status jurídico, o tipo e o ano de publicação. Para tanto, realizamos pesquisa bibliográfica na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, por meio do descritor “objetos de aprendizagem”. Com base nas produções acadêmicas encontradas, verificamos que entre os anos de 2003 e 2016 foram publicadas 168 teses e dissertações, que foram divididas em 27 categorias temáticas, sendo que as predominantes foram Engenharia de Software, Ensino de Matemática, Ensino Superior, Ensino de Física e Repositórios. Em relação ao nível de ensino, constatamos que a maioria das produções encontradas são dissertações de mestrado, e que o maior número de produções defendidas concentra-se nas instituições de ensino federais. Embora reconheçamos que são necessárias investigações sobre interface, usabilidade e linguagem de programação, defendemos que não basta termos recursos excepcionais do ponto de vista tecnológico, se os professores não forem capacitados para utilizar os mesmos, sendo que boa parte dos que atuam na educação básica não apresentam conhecimentos necessários para utilizar OA e demais tecnologias digitais de maneira intencional e produtiva.

Palavra-chave: Revisão de Literatura. Objetos de Aprendizagem. Produções Acadêmicas. Tecnologia Educacional.

Biografia do Autor

Ketilin Mayra Pedro, Docente do Centro de Ciências Humanas da Universidade do Sagrado Coração. Bauru/SP.

Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho- Campus Marília com doutorado sanduíche na Universidade de Barcelona / Espanha. Mestre em Educação pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - Campus Marília. Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - Campus Bauru. Docente do Centro de Ciências Humanas da Universidade do Sagrado Coração - Bauru. Pesquisas científicas na área da Educação Especial, Informática Educativa, Enriquecimento de alunos precoces e comportamento de superdotação. Líder do Grupo de Pesquisa Estudo, Desenvolvimento e Aplicação de Novas Tecnologias na Educação (EDANTE). Líder do Grupo de Pesquisa Métodos e Técnicas da Pesquisa em Educação (MOTAPE).

Dariel Carvalho, Docente do Centro de Ciências Humanas da Universidade do Sagrado Coração. Bauru/SP

Possui graduação em Informática Gestão Financeira pela Faculdade de Tecnologia de Jahu (2000), mestrado em Educação Especial (Educação do Indivíduo Especial) pela Universidade Federal de São Carlos (2005) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2011). Atualmente é Professor Doutor Adjunto na Universidade Sagrado Coração - USC. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Tecnologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, tecnologia, educação a distância, formação de professores e educação especial. Líder do Grupo de Pesquisa Estudo, Desenvolvimento e Aplicação de Novas Tecnologias na Educação (EDANTE).

Downloads

Publicado

2018-05-16

Como Citar

PEDRO, K. M.; CARVALHO, D. Objetos de aprendizagem: um panorama da produção acadêmica nacional. Revista Linhas, Florianópolis, v. 19, n. 40, p. 414 - 433, 2018. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723819402018414. Acesso em: 29 jul. 2021.