As rotinas: de hábitos estéreis a ações férteis

Autores

  • Gianfranco Staccioli Universidade de Florença – Itália

Resumo

A jornada educativa das crianças pequenas (de 0 a 6 anos) é caracterizada por experiências que se repetem regularmente ao longo do tempo: lavar-se, comer, descansar... Chamamos esses momentos de rotina porque se repetem no tempo e na sua maneira de se desenvolver. As rotinas podem ser vividas como hábitos estéreis, mas também como ações férteis, como repetições simples ou como momentos de enriquecimento e cuidado. Neste segundo caso, com crianças mais velhas, é necessário repensar a organização das rotinas para ser – na pré-escola como na creche - uma experiência de enriquecimento pessoal e cidadania ativa.

Palavras-chave: Cotidiano. Educação Infantil. Cuidado. Cidadania Ativa.

Downloads

Publicado

2018-05-16

Como Citar

STACCIOLI, G. As rotinas: de hábitos estéreis a ações férteis. Revista Linhas, Florianópolis, v. 19, n. 40, p. 54 - 73, 2018. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723819402018054. Acesso em: 17 set. 2021.