Produção de narrativas audiovisuais infantis nos anos iniciais: diálogos entre diversidade cultural, formação docente e encontro intergeracional

Autores

  • Juliane Queiroz Odinino http://lattes.cnpq.br/4822230898188029
  • Geovana Mendonça Lunardi-Mendes Universidade do Estado de Santa Catarina

Resumo

O presente artigo é oriundo de uma pesquisa cujo objetivo foi o de promover o intercâmbio intercultural de narrativas audiovisuais infantis entre duas instituições de educação básica da região da grande Florianópolis. Foi desenvolvida entre os anos de 2014 e 2016, pelo Grupo de Pesquisa Observatório de Práticas Escolares (OPE), da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), com financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Todo o processo da pesquisa desafiou os diferentes sujeitos a compartilharem experiências e aprendizados para além das relações adultos e crianças, ensinantes e aprendentes, tão comum no cotidiano escolar, de modo que conceitos como diversidade cultural, tecnologia, formação de professores, currículo e infância foram criativamente problematizados com o intuito de pautar as ações originais do projeto e atentar aos seus desdobramentos oriundos da complexidade de tais realidades escolares. Este artigo buscou privilegiar os dilemas relacionados a estas temáticas, tomadas como problematizadoras para a formação docente em todos os níveis. Dessa experiência, destacamos a necessidade de os/as professores/as desenvolverem uma escuta mais sensível à diversidade cultural infantil oportunizando protagonismos infantis em múltiplas linguagens. Também apontamos para importância de os cursos de formação de professores/as para a diversidade cultural proporcionarem experiências de pesquisa in loco, diante dos dilemas e tensionamentos perpetrados na contemporaneidade quanto aos papéis de adultos e crianças no contexto das tecnologias digitais.

Palavras-chave: Currículo. Professores-Formação. Tecnologia Educacional. Educação Multicultural.

Biografia do Autor

Juliane Queiroz Odinino, http://lattes.cnpq.br/4822230898188029

Possui licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2001), mestrado em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (2004) e doutorado em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Realizou estágio pós-doutoral junto ao Observatório de Práticas Escolares, na FAED/UDESC (2014/2015). Tem experiência de docência junto à formação de professores/as, presencial e à distância, de educação infantil e de séries iniciais. Membro e pesquisadora do Núcleo de Antropologia Visual (NAVI/CFH/UFSC), do Instituto de Estudos de Gênero do Núcleo (IEG) e do Observatório de Práticas Escolares (FAED/UDESC), tem experiência em pesquisa e desenvolvimento de projetos nas seguintes áreas: antropologia e educação, estudos de gênero, culturas da infância, diversidade, sociologia da educação, sociologia da infância, estudos de educação e tecnologia e de infância e mídia.

Geovana Mendonça Lunardi-Mendes, Universidade do Estado de Santa Catarina

Possui graduação em Pedagogia Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000), doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005) com estágio de doutoramento no exterior em Currículo e Tecnologias na Universidade do Minho em Portugal. Realizou Pós-Doutorado na Argentina e nos Estados Unidos da América, na área de Currículo e Novas Tecnologias, na Universidad de San Andres em Buenos Aires e em Ashland University, em Ohio, com bolsa Capes durante 2010 e 2011. É Professora Associada do quadro permanente da Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, atuando no Centro de Ciências da Educação, no curso de Pedagogia e no curso de Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-graduação em Educação, na linha de pesquisa Educação, Comunicação e Tecnologia e Política, Ensino e Formação. É pesquisadora coordenadora de diferentes projetos de investigação e participa como pesquisadora convidada em projetos de pesquisa nacionais e internacionais. Suas pesquisas e produções têm sido voltadas para área de Currículo e práticas escolares, em especial, as questões relativas as mudanças, tecnologias digitais e inovações curriculares no espaço escolar, e também as práticas curriculares voltadas a inclusão de sujeitos com deficiência. Em 2012, 2014 e 2016 atuou como professora convidada na Universidade de Boras, Suécia, no âmbito do Projeto de Intercâmbio Linnaues - Palm. Em 2015 esteve três meses como Pesquisador Visitante no College of Wooster, em Ohio, Estados Unidos. Coordenou de 2010 a 2014 o Consórcio "Educação e Diversidade" do programa CAPES/FIPSE de Cooperação Internacional, envolvendo a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, no Brasil e Georgetown College, Ashland University e Brighman Young University nos Estados Unidos. Coordenou também a parte brasileira de dois projetos da Organização dos Estados Iberoamericanos - OEI, sendo consultora do Projeto PASEM - projeto da União Européia. Coordenou o Programa de Pós-graduação em Educação, Mestrado e Doutorado, da FAED, UDESC de 2012 a 2016. Foi Vice-coordenadora do Fórum Sul de Coordenadores de PPGE's, de 2013 a 2014. Atualmente é Vice Presidente da ANPED Nacional, representando a região sul. Foi Diretora de Graduação do Centro de Ciências Humanas e da Educação, FAED, UDESC de 2016 a 2017. Fundadora do Grupo de Pesquisa do CNPq "Observatório de Práticas Escolares" e coordenadora do Observatório da Educação: Tablets, Computadores e Laptops, e do Observatório em Rede "Escolarização de Sujeitos com Deficiência Intelectual" em parceria com a UNIVALI e UFRRJ, aprovado no Edital OBEDUC/ CAPES. É Editora Associada Brasileira da Revista Arquivos Analíticos de Políticas Educativas. É consultora adhoc de organismos internacionais como a OEI, de instituições de fomento a pesquisa, e de agências como CAPES e CNPq, bem como presta consultorias a Secretarias de Educação municipais e estaduais. É a representante institucional da ANPED na WERA - World Education Research Association, fazendo parte do WERA Council. 

Downloads

Publicado

2018-02-20

Como Citar

ODININO, J. Q.; LUNARDI-MENDES, G. M. Produção de narrativas audiovisuais infantis nos anos iniciais: diálogos entre diversidade cultural, formação docente e encontro intergeracional. Revista Linhas, Florianópolis, v. 19, n. 39, p. 103 - 122, 2018. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723819392018103. Acesso em: 28 out. 2021.