“Inspecionar, instruir e dirigir”: a configuração da inspeção da instrução pública na província do Paraná (1854-1889)

Autores

  • Etienne Baldez Louzada Barbosa Universidade Federal do Paraná

Resumo

Reestruturar a inspeção do ensino após a emancipação do Paraná como comarca da província de São Paulo foi a ação esperada pelo presidente da província, após a nomeação do primeiro Inspetor Geral, Jesuíno Marcondes de Oliveira e Sá, em 1854. Até então, a inspeção era feita por meio de comissões, formadas por três integrantes e que se reportavam à Inspetoria Paulista. Com a reorganização, a inspeção do ensino passou a ser feita pelo Inspetor Geral e por inspetores de distrito. Ao longo do período, novos cargos e funções foram agregados a essa estrutura, tais como: inspetores paroquiais/municipais, Conselhos de Instrução/Literários e a Superintendência do Ensino Obrigatório. O presente estudo tem como objetivo não somente identificar essa administração e sua função, como também localizar que usos e sentidos os responsáveis pela mesma davam para as suas ações frente às escolas, professores, alunos e sociedade no geral.

Palavras-chave: Inspeção da Instrução; Educação; Paraná; História.

Biografia do Autor

Etienne Baldez Louzada Barbosa, Universidade Federal do Paraná

Educação; História da Educação

Downloads

Publicado

2017-04-27

Como Citar

BARBOSA, E. B. L. “Inspecionar, instruir e dirigir”: a configuração da inspeção da instrução pública na província do Paraná (1854-1889). Revista Linhas, Florianópolis, v. 18, n. 36, p. 152 - 177, 2017. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723818362017152. Acesso em: 24 jul. 2021.