Ensino colaborativo: uma possibilidade do Atendimento Educacional Especializado

Autores

  • Patricia Braun Universidade do Estado do Rio de Janeiro Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira CAp-UERJ
  • Márcia Marin Departamento de Ensino Fundamental do Colégio Pedro II

Resumo

Em razão da perspectiva e efetivação da inclusão escolar, legislações sobre o Aendimento Educacional Especializado (AEE) e o desenvolvimento de políticas públicas para garantia da escolarização de alunos com necessidades educacionais especiais têm sido promulgadas no Brasil há mais de uma década. Estudos apontam que práticas pedagógicas de inclusão suscitam a organização de uma nova cultura escolar, o que envolve mais do que a oferta de um “atendimento educacional especializado”. Nesta direção, a partir de pesquisas realizadas na área de educação especial e inclusão escolar, este texto tem por objetivos: analisar e refletir sobre as práticas pedagógicas que têm se configurado na proposta do Atendimento Educacional Especializado e apresentar, a partir de experiências desenvolvidas, dois casos que envolvem o ensino colaborativo como um sistema que se configura como uma possibilidade de AEE, para além da sala de recursos multifuncional.

Palavras-chave: Atendimento Educacional Especializado; Ensino Colaborativo; Inclusão Escolar. 

Downloads

Publicado

2016-05-30

Como Citar

BRAUN, P.; MARIN, M. Ensino colaborativo: uma possibilidade do Atendimento Educacional Especializado. Revista Linhas, Florianópolis, v. 17, n. 35, p. 193 - 215, 2016. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723817352016193. Acesso em: 23 jul. 2021.