Encontrando Bianca: a travestilidade no Kit Anti-Homofobia

Autores

  • Ricardo Desidério da Silva
  • Ana Cláudia Bortolozzi Maia

Resumo

É importante refletir sobre a travestilidade e a possiblidade de debates frente àa temática da diversidade sexual, principalmente a partir da utilização de vídeos como recursos pedagógicos eficazes.  Este artigo tem por objetivo descrever e analisar criticamente o vídeo Encontrando Bianca, que compõe o “DVD Torpedo”, parte integrante do material do Kit Anti-Homofobia. A partir de uma descrição geral de seu conteúdo, forma e imagens, foram organizadas duas categorias de conteúdo temáticas: (1) Sexismo e heteronormatividade na escola e na família e (2) Olhares para subjetividade. Evidencia-se que o vídeo, apesar de ter sido pensado para problematizar questões da diversidade sexual, reafirma estereótipos e reproduz padrões definidores de normalidade aceita. É necessário dialogar sobre o vídeo a partir de sua ressignificação para a utilização como material educativo na escola.

Palavras-chave: Educação Sexual; Travestis; Homofobia nas escolas; Kit Anti-Homofobia.

Downloads

Publicado

2016-05-30

Como Citar

SILVA, R. D. da; MAIA, A. C. B. Encontrando Bianca: a travestilidade no Kit Anti-Homofobia. Revista Linhas, Florianópolis, v. 17, n. 34, p. 58 - 83, 2016. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723817342016058. Acesso em: 27 jul. 2021.