Políticas para o ensino médio: a criação do currículo no contexto escolar

Autores

  • Jean Mac Cole Tavares Santos UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN

Resumo

Neste artigo, apresentamos pesquisa realizada com docentes de duas escolas públicas de ensino médio, no Estado do Ceará, sobre os sentidos atribuídos à qualidade na educação a partir das ações do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI). Utilizamos como operador teórico o ciclo de políticas de Ball e Bowe (1998), apresentado e discutido a partir dos referenciais de Lopes (2006), Lopes e Macedo (2011), Ball e Mainardes (2011) e Mainardes (2006). Entendemos que as políticas educacionais são produções de significações curriculares desenvolvidas em múltiplos contextos, portanto, rompemos com a polarização dicotômica entre política e prática, buscando superar a compreensão da escola como local somente de resistência ou de implementação da política. Dessa maneira, os sentidos de qualidade constituídos, em última instância, pelos documentos do MEC, mesmo que aceitos pela escola, são reelaborados, traduzidos e ressignificados a partir da cultura escolar, tendo acepções diferentes em cada realidade, visto que são resultados de embates e disputas que envolvem múltiplos interesses da escola, da docência, da comunidade, dos órgãos diretivos, entre outros. As ressignificações efetivadas nas escolas, portanto, se diferenciam de acordo com o grau de reconhecimento, com a credibilidade da instituição e de sua relação com a comunidade escolar, com os órgãos diretivos do estado e com sua própria história.        

Palavras-chave: Sentidos de qualidade; Tradução de políticas; Contexto da prática; Políticas educacionais.

Biografia do Autor

Jean Mac Cole Tavares Santos, UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN

possui graduação em História (Licenciatura) pela Universidade Estadual do Ceará (UECE - 1995), especialização em teoria e metodologia da História pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA - 1997), mestrado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ - 2000) e doutorado em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB - 2007), com estágio doutoral na Universidade de Valência (UV - Valência, Espanha). É professor adjunto 4 do Curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação, Mestrado Acadêmico em Educação, da Faculdade de Educação, da Universidade do Estado do Rio Grando do Norte (UERN). É coordenador do Grupo de Estudo Contexto e Educação. Coordena ainda, pesquisas sobre o mundo do trabalho e a formação escolar no ensino médio nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará com apoio do CNPQ, da FAPERN e da FUNCAP. Participa também do projeto de extensão "Laboratório de Estudos e Pesquisas em Paulo Freire e Educação Popular" (LEFREIRE) na UERN. Foi tutor do PET Pedagogia UERN, entre dezembro de 2010 e Janeiro de 2013. Atualmente realiza estudos de pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação (PROPED), na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), sob a supervisão de Alice Casimiro Lopes.

Downloads

Publicado

2016-02-25

Como Citar

SANTOS, J. M. C. T. Políticas para o ensino médio: a criação do currículo no contexto escolar. Revista Linhas, Florianópolis, v. 17, n. 33, p. 261 - 283, 2016. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723817332016261. Acesso em: 23 jul. 2021.