As novas tecnologias da informação e comunicação e a atividade experimental no ensino de ciências

Autores

  • Ruhena Kelber Abrão Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Diana Francisca Adamatti Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Resumo

Este artigo tem como objetivo relatar um projeto de aprendizagem a partir das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação, especificamente para a promoção do ensino de Ciências, em especial a atividade experimental. O referido projeto foi aplicado em uma turma de primeiro ano dos anos iniciais do Ensino Fundamental de uma escola pública estadual. A metodologia de pesquisa empregada foi inspirada no Estudo de Caso. A partir das novas tecnologias, foi possível criar múltiplas evidências, além de atividades diversificadas. Assim como outros recursos, o uso das novas tecnologias ligadas às atividades experimentais no ensino de Ciências podem ser usadas em diversas situações e com diferentes finalidades como motivação, despertar estímulos, possibilitar a prática, estabelecer a sucessão de aprendizagens entre outros.   

Palavras-chave: Ciências; Estudo e Ensino; Ciências e Tecnologia.

Biografia do Autor

Ruhena Kelber Abrão, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorando em Educação em Ciências pela UFRGS na linha de pesquisa Educação Científica: Processos de ensino e aprendizagem na escola, na universidade e no laboratório de pesquisa. Mestre em Educação Física pela UFPel. Especialista em Tecnologia da Informação e Comunicação da educação, Supervisão e Orientação Escolar; Educação Inclusiva e MBA Gestão de Recursos Humanos. Graduado em Pedagogia Licenciatura Plena; Letras Inglês e respectivas literaturas e Educação Física. Professor Pesquisador do grupo Cultura, Infância e Educação Infantil e da Especialização em Educação Infantil da Universidade Federal de Pelotas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Gestão de Pessoas, Métodos e Técnicas de Ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Infantil, Corporeidade, Informática Educativa, Educação à Distância, Produção Textual e Formação de Professores

Diana Francisca Adamatti, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade de Caxias do Sul (2000). Mestrado em Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003). Doutorado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Sistemas Digitais e Engenharia de Computação) pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (2007). Principal área de pesquisa: Inteligência Artificial.

Downloads

Publicado

2015-07-31

Como Citar

ABRÃO, R. K.; ADAMATTI, D. F. As novas tecnologias da informação e comunicação e a atividade experimental no ensino de ciências. Revista Linhas, Florianópolis, v. 16, n. 31, p. 305 - 324, 2015. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723816312015305. Acesso em: 29 jul. 2021.